11 vezes que o Marcos do BBB 17 agiu como um típico machista

Não passarão!

Por Isabella Otto - Atualizado em 8 abr 2017, 15h14 - Publicado em 8 abr 2017, 12h36

Engraçado como no começo do Big Brother Brasil 17, Marcos se mostrou um dos favoritos. O tempo passou e algumas atitudes e falas do participante começaram a se destacar. Falas que mesmo sendo problemáticas, vez ou outra são até mesmo romantizadas por alguns de nós. Você pode não enxergar o problema, porque pode ter nascido em uma casa em que essas falas sejam naturais. Justamente por isso, elas se tornaram banais, corriqueiras, normais. Mas elas não são.

11 vezes que o Marcos do BBB 17 agiu como um típico machista
Olhando você aí defender as atitudes do cara. Reprodução/Reprodução

As frases abaixo foram todas ditas pelo Marcos e direcionadas à participante Emilly, com quem o gaúcho mantém um relacionamento dentro da casa. Faça um exercício e tente perceber como elas são intragáveis e fazem parte do nosso dia a dia. Marcos é o típico ~machão desconstruído~, que acredita lutar pelas mulheres, mas que faz justamente o contrário: as minimiza, as trata como objeto, as assedia. Marcos é machista.

1. “Agora é só faculdade, cadeira e apostila.”
Marcos não só acredita que é superior a Emilly por ser mais velho, como usa toda essa “experiência de vida” para impor a ela ensinamentos, como se fosse uma espécie de profeta da verdade. Marcos não quer ser um namorado, um parceiro. Marcos quer ser um pai, e um daqueles bem rígidos! Mas o participante não tem esse direito. Ao fazer comentários como este acima, ele impõe um estilo de vida à garota, com regras bastantes claras e dando a entender que se ela não cumprir essas regras, pode ser punida.

2. “É muito feio mulher segurando garrafa. Evita.”
O jogador tem a constante mania de medir o caráter de uma mulher pela quantidade de bebida alcoólica que ela ingere, como se ela não tivesse o direito de ~tomar umas~. Ou seja, Emilly não pode beber nem se ela quiser, pois é feio, não é “coisa de menina”. Para Marcos, marcar de sair com a galera e tomar uns bons drinks é uma regalia que apenas homens têm. Mulheres maiores de idade, vacinadas e donas do seu próprio nariz não podem. Ou, no mínimo, devem evitar.

11 vezes que o Marcos do BBB 17 agiu como um típico machista
Garota, seu relacionamento é abusivo e você não está percebendo. Mas a gente está aqui para te ajudar. Vem! <3 Reprodução/Reprodução

3. “Levanta e vem me dar banho(…) Tu não vai cortar meu cabelo?”
Sabe quando aquele colega faz um comentário machista disfarçado de piadinha? E por mais que você tente dialogar e explicar que ele foi infeliz, o cara não se dá ao trabalho nem de tentar entender para evoluir como pessoa? Emilly já se queixou várias vezes disso. São comentários feitos por Marcos que parecem inofensivos, mas não são. Em certo momento do jogo, a participante até disparou: “Eu, como tive uma criação machista, acho que é natural. Mas não é natural tu tratar uma mulher como se ela fosse uma empregada. Repense”.

4. “Você tem que estudar e escutar, só isso.”
Relacionamento abusivo detectado. Viu, garota? Você não deve mais agir do jeito que sempre agiu, ser autêntica, se divertir da sua maneira (mesma que nem todos concordem com ela). Você deve se comportar da forma como o seu parceiro mandar. E, segundo ele, você precisa ser uma “lady”, uma “dama”. Essas foram as palavras de Marcos ao descrever uma ~mulher ideal~ no reality show.

5. “Vou te ensinar uma conjugação verbal que acho muito feio quando as pessoas erram.”
Quando a pessoa está disposta a aprender, não há nenhum problema em ensinar. Mas (1) esse ensinamento deve vir em uma hora apropriada, (2) a outra pessoa deve estar disposta a aprender de uma maneira livre de imposições e (3) sarcasmos devem ser evitados, principalmente se quem fala visivelmente ocupar uma posição de privilégio com relação a quem ouve. Marcos não respeita nenhuma dessas premissas.

6. “A minha missão é te proteger, é ficar com você até a final.”
Porque, claro, Emilly não conseguiria se virar sozinha, sem o seu príncipe encantado, o dono do cavalo branco, o salvador da pátria. Menos, bem menos.

7. “Não fala o que tu não sabe, você tá ouvindo?”
Esta frase, descontextualizada, pode não soar agressiva, mas a forma como ela foi dita muda bastante as coisas:

11 vezes que o Marcos do BBB 17 agiu como um típico machista
Apontou o dedão na cara da mina!!! #NãoèBrigaDeMaridoEMulher Reprodução/Reprodução

8. “Vamos falar sobre ideias. Pessoas medíocres falam sobre pessoas.”
Indiretamente, ou nem tanto, Marcos deixou claro que acha a parceira um ser humano medíocre. Na hora em que ouviu o comentário, Emilly até questionou o participante sobre isso, e tudo o que ele fez foi dar uma risada irônica. Antes de entrar no programa, o médico afirmou “não gostar de pessoas não evoluídas”. Só que ao invés de ele ser humilde e ajudar os outros a se tornarem pessoas melhores, ele tentar fazer isso usando a imposição, como se o fato de ele ser graduado em medicina simplesmente o tornasse alguém melhor, por ter tido essa oportunidade que maioria da população mundial não tem. Ele é favorecido, mas não vê isso.

9. “Estava com o copo cheio. Pô, 20 anos, mulher. Mulher não bebe. Se bebe, bebe pouco.”
Mais uma vez, um exemplo claro do que Marcos acredita ser ~a mulher ideal~: aquela que não bebe, que vive a vida para agradar o homem e que preza mais o que os amigos dele possam pensar do que ela mesma deseja.

10. “Se prepara, que comigo não tem roupinha muito extravagante, não. Nem começa(…) Sexy só dentro de casa. Na rua, não. Bem santinha na rua.”
Além de julgar uma mulher pelo modo como ela se veste e contribuir assim para a cultura do estupro, o participante trata a namorada dentro do jogo como objeto. Aliás, o gaúcho já chegou a comentar que uma das maiores qualidade de Emilly é que ela “transa legal”, como se isso fosse um baita elogio.

11. “Você precisa pedir desculpas para a Emilly por todas as mulheres do Brasil.”
Depois de tudo isso o que foi discutido aqui, Marcos se sente no direito de defender a causa das mulheres. Além de ele não ter lugar de fala para isso, o cirurgião é claramente aquele exemplo de homem desconstruídão, que só defende as mulheres quando lhe convém e ainda diz simpatizar com a causa feminista. E ele diz isso em nome de TODAS AS MULHERES. Caro, você não nos representa, primeiro porque é homem. Fim. Segundo, porque é machista. 

**Esta matéria não tem como intuito favorecer ninguém no jogo (nem desfavorecer ou ofender), mas te fazer perceber como, muitas vezes, o cara tem típicas atitudes machistas e você não consegue perceber isso. Nem você, nem ele.**

 

Continua após a publicidade

+ Leia mais: ‘Existe uma cultura de que mulheres não devem ser ouvidas’

Publicidade