Esta camiseta tecnológica promete recarregar o seu celular. Oi?

Pesquisadores da China descobriram um tecido inovador que pode fazer isso

Por Djenifer Dias 27 set 2021, 16h08

Sabe quando você precisa usar o celular e o desespero bate quando percebe que a bateria descarregou? Parece que essa foi uma preocupação de pesquisadores da Universidade Fudan, na China. Segundo o site Ithome, eles descobriram um tecido que promete carregar a bateria dos aparelhos telefônicos.

Mad
giphy/Reprodução

A fibra têxtil também é mais segura. Baterias comuns podem queimar ou explodir ao sofrerem danos externos. Em nossos experimentos, as baterias se mostraram bem resistentes”, afirma o professor de engenharia Jiqing He, principal autor do estudo, em artigo publicado pela Nature no início de setembro de 2021.

O material é conhecido como Fibre Lithium Ion Battery (FLIB) e possui uma densidade energética constante 85,69 Wh/Kg, que é o suficiente para alimentar dispositivos como monitores de frequência cardíaca por pelo menos dois dias de uso. Legal, né?

Gif com camiseta recarregável em ação
Camisa recarregável em ação Ithome/Reprodução

Além disso, foi descoberto que o tecido não esquenta, mesmo com mais de 40 minutos de uso, o que significa que ele é confortável e seguro para os usuários.

Se você ficou curiosa para saber como essa ~mágica~ acontece, a gente te explica! Basicamente, você conecta o cabo do celular em uma parte específica da camiseta, e ela se torna a fonte de energia para recarregá-lo.

Os pesquisadores encontraram um jeito de revestir o fio utilizado para que ele não tenha curtos-circuitos no contato com a pele e, ainda por cima, seja resistente. Os testes garantiram que a bateria existente na fibra que está inserida no tecido pode continuar estável mesmo quando é atropelada por um carro ou até se levar golpes de faca. Eita!

Continua após a publicidade

O mais curioso é que dá para lavar e dobrar o item como qualquer outra peça de roupa, viu?

“Espera-se que a produção e aplicação em larga escala seja alcançada em três ou cinco anos. Também é possível que isso seja alcançado antes, se os recursos forem mais concentrados e utilizados de maneira mais eficiente”, encerra Huisheng Peng.

Gif com o tecido sendo torcido
Tecido recarregável Ithome/Reprodução
  • Essa não foi a primeira vez que algo do tipo foi testado, viu? Em 2011, a operadora de celular francesa Orange, criou um protótipo de camiseta que utiliza o som para carregar aparelhos celulares. Chamada de Sound Charge, ela usa as vibrações sonoras para produzir eletricidade. Utilizando na sua produção o filme piezoelétrico, que costuma ser encontrado em alto-falantes, como microfone para captar e transformas ondas de som em cargas elétricas.

    Já em 2012, dois engenheiros da Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, desenvolveram uma camiseta de algodão capaz de armazenar energia elétrica. Para realizar o teste, eles revestiram as fibras da peça com uma camada nanométrica de óxido de manganês, que ajuda no processo de aumentar a capacidade de armazenamento elétrico, tornando assim, o tecido capaz de carregar e descarregar diversas vezes.

    Em meados de 2019, descobriram um jeito de carregar o celular com usando o calor do corpo. “Quando alguém caminha ou corre, seu corpo esquenta. Se essa pessoa usasse uma camiseta projetada com essas características, a diferença entre seu corpo e a temperatura mais baixa do ambiente poderia gerar eletricidade” afirmou Susana Guzmán da Universidade de Málaga, na Espanha. A experiência foi feita em parceria com o Instituto de de Tecnologia de Gênova e conseguiram criar uma substância a partir da combinação de cascas de tomate, etanol, água e grafeno, que, ao serem aquecidas, penetravam os fios de algodão. Usando a diferença de calor entre o ambiente e o corpo, a camiseta era capaz de produzir energia elétrica.

    Será mesmo que daqui alguns anos a gente poderá usar nossas peças de roupa como carregadores? O que você acha da invenção?

    Continua após a publicidade
    Publicidade