Bebe Rexha diz que estilistas se recusam a vesti-la para o Grammy

Segundo a cantora, isso acontece porque a acham "grande demais"

Por Beatriz Arruda Atualizado em 23 jan 2019, 17h43 - Publicado em 23 jan 2019, 15h45

Bebe Rexha não esconde a felicidade de ter sido indicada a duas categorias do Grammy 2019, mas revelou, nesta terça-feira (22/01), que está precisando lidar com uma situação nem um pouco legal. A cantora, que já falou das críticas que recebe em relação ao seu peso, desabafou mais uma vez sobre o assunto após estilistas se recusarem a vesti-la para a premiação. 

Num vídeo postado em seu Instagram, Bebe contou que, pouco tempo depois de serem divulgadas as indicações do Grammy, sua equipe passou a entrar em contato com estilistas para criarem um vestido, mas muitos deles não quiseram vesti-la por causa do seu tamanho. E a cantora não escondeu a indignação: “Então eu não quero usar seus vestidos. Porque isso é loucura. Vocês estão dizendo que todas as mulheres no mundo que são tamanho oito [no Brasil, 42] ou acima não são bonitas e não podem usar seus vestidos”, disse.

View this post on Instagram

Im sorry, I had to get this off my chest. If you don’t like my fashion style or my music that’s one thing. But don’t say you can’t dress someone that isn’t a runway size. Empower women to love their bodies instead of making girls and women feel less then by their size. We are beautiful any size! Small or large! Anddddd My size 8 ass is still going to the Grammys. #LOVEYOURBODY

A post shared by Bebe Rexha (@beberexha) on

Na legenda, ela reforçou que as mulheres são lindas independentemente do tamanho e que é preciso incentivá-las a amarem seus corpos ao invés de fazer com que elas se sintam inferiores. “Se você não gosta do meu estilo ou da minha música, isso é uma coisa. Mas não diga que não pode vestir alguém que não seja do tamanho padrão dos desfiles de moda”.

Infelizmente, não é a primeira vez que isso acontece. Em 2016, Ashley Graham não compareceu ao MET Gala porque nenhum estilista quis vesti-la. 

O que você achou? 

Continua após a publicidade

Publicidade