Com muita personalidade, Giulia Be lança “solta”, seu primeiro EP

Estilos musicais: Pop
CAPRICHO
starsstarsstarsstarsstars

Por: Anny Caroline Guerrera

Nesta sexta-feira (15/5), Giulia Be lançou seu primeiro EP, intitulado solta. Em nota, a cantora revelou que o projeto mostra várias de suas características e simboliza sua jornada de descobertas como artista no último ano: “Esse EP é um compilado de músicas que representam lados diferentes de mim. Como se finalmente tivesse encontrado a minha voz, no caso, minhas vozes – e agora estou soltando para o mundo pela primeira vez”, disse.

E a faixa de abertura do EP da Giu não poderia ser melhor! recaída fala sobre um relacionamento que acabou, mas as duas pessoas continuam se encontrando eventualmente… Quem nunca, né? A canção conta com uma melodia animada, um violão mais marcado e algumas risadas de fundo, para deixar o clima da narrativa ainda mais divertido e descontraído. De bônus, tem até uma gravação de “oi, sumida” no final!

Passando pelo período de isolamento social, o clipe da segunda faixa foi finalizado com trechos do arquivo pessoal da própria cantora, que também dirigiu o vídeo. O resultado não poderia combinar mais com a vibe romântica da música. se essa vida fosse um filme descreve um amor que faz a gente querer sempre estar perto da pessoa e a história com ela parece ser até roteiro de um longa-metragem.

A música tem um tom mais tranquilo do que a primeira, com alguns solos e efeitos de palmas que lembram muito aquela hora em que todo mundo comemora no cinema! Dá uma olhada na fofura do clipe:

(não) era amor também ganhou um vídeo maravilhoso! A faixa (que é a nossa favorita) reflete sobre como o amor não deve machucar, ele deve ser leve. E essa mensagem faz uma conexão com a quarta música do EP. eu me amo mais retrata aquele momento em que percebemos que precisamos sair de uma situação ou relação pelo amor-próprio. Cuidar de si mesma, sabe?

É bem fácil de se identificar com a letra, que narra situações em que ficamos sem saber como agir, sem vontade ou palavras para descrever uma sensação. “Eu até te amo, mas eu me amo mais”, é o trecho que marca o refrão e que foi muito bem pensado pela cantora, já que fica na cabeça e ainda conversa com o coração de quem está ouvindo.

A quinta track dispensa apresentações. menina solta se tornou um grande hit nos últimos meses e, por isso, foi escolhida para dar nome ao EP: “Foi a primeira música que eu lancei e onde eu senti que havia encontrado minha voz como compositora. Nunca esperei que iria tomar a proporção que tomou, virou algo muito maior do que só a história da música. Tenho carregado o título da menina solta com muito orgulho”, afirmou a artista.

A última música, intitulada outro, é beeem curtinha, só para finalizar e deixar com aquele gostinho de quero mais. Com apenas 33 segundos e toda acústica, a canção tem apenas um trecho breve: “Meu amor, te peço, por favor, não me deixa ir, se mesmo assim eu for, me pega pela mão e me dá seu coração.”

    info
  • Direção: Giulia Be, Paul Ralphes
  • Recomendação: Livre
  • País: Brasil
  • Ano: 2020