Você sabe como é feita a neve no cinema?

A Netflix produziu um vídeo explicando como a neve é criada em suas produções

Você já assistiu aquele filme natalino na Netflix e se perguntou como toda aquela neve foi feita? Se ela é real ou artificial? O serviço de streaming resolveu explicar essa questão e mostrou o processo em alguns de seus longas, como Um Passado de Presente e Deixe a Neve Cair.

Com o passar dos anos, a técnica para se criar neve no cinema foi mudando e sendo aperfeiçoada. Nos anos 40, por exemplo, as pessoas não só usavam neve feita de amianto, como também vendiam o produto em pacotes, sem saber que se tratava de uma substância cancerígena. Sal, farinha, pó de mármore e flocos de milho são outros queridinhos que eram muito utilizados para se criar o efeito de neve antigamente.

Atualmente, os produtores levam em conta, pelo menos, cinco fatores para calcular como será feita a neve de um longa no cinema: aparência, disponibilidade, custos, continuidade e sustentabilidade. Por exemplo, vale mais a pena gravar em uma locação com neve de verdade ou criar neve em um estúdio? Dá um play no vídeo para entender melhor o processo:

Mesmo em locações com neve de verdade, às vezes, é preciso colocar uma camada de neve artificial por cima por conta da imprevisibilidade e para dar mais conforto para os atores. A empresa Snow Business costuma encontrar o melhor substituto para ocasião, ou melhor, cerca de oito a doze substitutos com variedades de 200 ingredientes diferentes para criar o efeito de neve. A neve de papel é uma das mais conhecidas e utilizadas nessas situações, principalmente em sets que são muito grandes. Por outro lado, ela não pode ser utilizada em estúdios onde pode haver risco de fogo.

Já quando se trata de neve caindo, existe uma ganhadora: espuma evaporada que saí por um assoprador. Apesar de criar um efeito mágico, a máquina é bem barulhenta e isso acaba prejudicando o áudio da cena. Em Deixe a Neve Cair, uma das cenas precisou de efeitos especiais para se criar a neve caindo na janela porque os ruídos eram altos demais.

Veja também

Pois é, miga, não é nada fácil criar essa magia nas telas, mas o resultado sempre fica lindo, né? ❤

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s