The 1975 faz viagem oitentista em sua estreia no Brasil

Banda foi uma das atrações do primeiro dia do Lollapalooza Brasil, na tarde de sábado (25/3), em São Paulo

 (Camila Cara/MRossi/Divulgação)

A estreia do The 1975 no Brasil não poderia ter sido melhor. Liderado pelo vocalista Matty Healy, o grupo de Manchester (Inglaterra) lotou o Palco Onix e não economizou em energia em sua viagem musical que passou pelo indie rock, new wave, EDM e até soul.

Após uma pequena introdução, o The 1975 queimou logo de cara um de seus hits recentes, a dançante Love Me, que serviu pra deixar claro que eles queriam colocar todo mundo pra se divertir muito. E conseguiram, claro!

 (Camila Cara/MRossi/Divulgação)

Com o passar das canções – foram 12 no total-, a impressão que se tinha é que estávamos dentro do filme Sing Street, em que um grupo de garotos britânicos reinterpretam ritmos da década de 80 dando um toque de modernidade, porque foi exatamente o que rolou. She’s american com aquele solo saxofone bem new wave, Sex com uma guitarra suja, é fácil dizer que os meninos são quase “filhos (ou netos) do Duran Duran” . Ah, sem contar o visual de Matty e seus companheiros de banda, que lembravam muito os figurinos usados por Conor (Ferdia Walsh-Peelo) e seus amigos no longa do diretor John Carney.

A sequência com A Change of Heart e Loving Someone foi a que mais emocionou durante a apresentação dos britânicos, arrancando gritos eufóricos e colocando muita gente pra dançar de olhinho fechado no “morrinho do Lolla”, como é carinhosamente chamado o Palco Onix.

 (Camila Cara/MRossi/Divulgação)

Por falar em Matty Healy, ficou difícil sair do Lollapalooza sem se apaixonar ainda mais pelo cara. Ele não parou um segundo no palco, retribuindo toda a energia que recebia dos fãs, que não eram poucos. Bastava dar uma olhada na quantidade de pessoas com camisetas do The 1975 circulando pelos palcos do Autódromo de Interlagos.

E como já era de se esperar, The Sound foi a responsável por fechar o show. Pela empolgação da galera, certamente o The 1975 não vai esquecer tão cedo desse Lollapalooza.

Quem não conseguiu ir até o Autódromo de Interlagos vai ter mais uma chance de ver os caras no Brasil, o The 1975 se apresenta sozinho no Audio Club, em São Paulo, na noite de segunda-feira (27/3).

Setlist:

Love Me
UGH!
Heart Out
A Change of Heart
Loving Someone
She’s American
Somebody Else
Girls
Sex
If I Believe You
Chocolate
The Sound

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s