Selena Gomez e outras artistas fazem textões em defesa de Taylor Swift

Diversas celebridades entraram na briga de Taylor com Scooter Braun e a gravadora dele, a Big Machine Records

Nesta quinta-feira (14), Taylor Swift acusou Scooter Braun e seu sócio, Scott Borchetta, donos da gravadora Big Machine, detentora dos direitos das músicas dela antes da fase Lover, de terem proibido que ela cantasse canções antigas suas no American Music Awards, que acontece no dia 24 de novembro e pretendia homenageá-la como Artista da Década.

Segundo a cantora, eles também teriam impedido que ela incluísses suas músicas em um especial da Netflix em que estava trabalhando. A Big Machine Records, porém, alega que Taylor não quis fechar nenhum acordo com eles e que a cantora estaia devendo milhões de dólares à empresa.

Uma representante da loira então replicou os empresários, dizendo que é a gravadora que deve US$7,9 milhões à artista. Que tenso, hein? Por sorte Tay tem muitas amigas que a apoiam e fizeram textões nas redes sociais para tentar pressionar a Big Machine a liberar as canções para ela.

scooter-braun-taylor-swift

 (Steve Granitz e Terry Wyatt/Getty Images)

Olha só o que algumas celebridades escreveram:

SELENA GOMEZ

“Meu coração está tão pesado agora. Fico enojada e extremamente com raiva. (Não me importo se houver retaliação). Esta é minha opinião. É ganancioso, manipulador e [sobre] poder. Não há coração ou pensamento de mais ninguém. Não há respeito pelas palavras que minha amiga escreve desde que ela tinha 14 anos em seu quarto. Vocês roubaram e destruíram [a chance de] uma das melhores compositoras de nosso tempo celebrar toda a sua música com seus fãs e com o mundo.

Eu conheço Taylor há 13 anos. Ela é uma das mulheres mais dedicadas, destemidas, determinadas e fortes que eu já conheci. As pessoas podem dizer ‘vadia’, mas o que estou dizendo a vocês é que assim que se chama uma mulher com verdadeira identidade e força, que não aceita merda. Eu ouvi Fearless antes de ser lançado e lembro da gente pulando em cima da cama e ela estava brilhando – tão orgulhosa de seu diário ser lido pelo mundo inteiro. Nervosa das pessoas não gostarem… Mas aquele se tornou um dos maiores álbuns – e um álbum que salvou muitas jovens mulheres que se sentiam sozinhas. Que tiveram o coração partido. Que estavam em processo de cura. Aquelas que se sentiam invisíveis. Deu uma voz àqueles que não sabiam que possuíam uma. Acreditaram em sonhos novamente. Eu continuei a ver como ela constantemente se desafiou para criar uma vida linda que pertencia só a ela. Então eu posso dizer a vocês que a coisa MAIS importante para Taylor é a família dela, o amor, seus fãs e sua MÚSICA. Eu realmente espero que aconteça uma mudança nesta situação infeliz.

Ver meus melhores amigos (ou qualquer um dos meus amigos) serem constantemente colocados para baixo é o pior dos sentimentos. Taylor luta. Ela nunca deixará de lutar. As pessoas crescem nas escolhas. Algumas permanecerão da mesma maneira. Eu apenas quero uma mudança”.

CAMILA CABELLO

“Como fã da música da Taylor desde sempre, eu tenho algumas das melhores memórias da minha vida ouvindo aos primeiros álbuns dela. Me lembro de ouvir músicas como Love Story ou You Belong With Me ou The Best Day, na Reputation Tour, e chorar pelo quanto essas músicas significavam para mim. É de partir o coração e como se o mundo estivesse sendo roubado de algo importante e lindo que ela não possa cantar essas canções, sua vida de trabalho, com seus fãs.

Como pode uma gravadora fazer isso com um artista? Eu não consigo imaginar minha vida sem momentos em que escuto as músicas da Taylor, e isso me traz de volta a ser uma romântica sem esperanças de 13 anos no meu quarto, e eu lembro quem eu quero ser e como quero me sentir.

Para os fãs dela e ainda mais para ela, essas não são apenas músicas. São memórias que fazem amigos antigos se unirem. São remédio. São alegria. Não consigo imagina o quão doloroso deve ser para você, @taylorswift. Não consigo entender como isso pode acontecer. Uma gravadora não deveria poder fazer isso com um artista. O que quer que precise acontecer para arrumar essa situação tem que acontecer.”

HALSEY

 “Não apenas estamos olhando para uma péssima jogada de negócios (por que seria incentivado a permitir que Taylor apresentasse suas músicas, pois isso direcionaria a redescoberta de um catálogo do qual atualmente eles se beneficiam???), mas isso é apenas cruel. Isso é tentar silenciá-la de falar sobre coisas, pendurando-a pelo pescoço. Essas pessoas são protegidas porque inspiram cumplicidade com medo. Se bancam na ilusão de que as pessoas não vão se impor contra eles. Que o munda vai dizer que ela está exagerando. Vocês estão latindo na árvore errada. É a graça e a paciência dela nesses momentos que a tornaram Artista da Década”.

GIGI HADID

“Scott e Scooter, vocês sabem qual a coisa certa a fazer. Taylor e seus fãs merecem celebrar a música”.

LILY ALLEN

“Solidariedade com a Taylor aqui. Isso parece horrível. E as pessoas ainda perguntam porque a música ainda não teve um movimento #MeToo?”

SARA BAREILLES

“Abuso de poder ultrajante e completamente imperdoável”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s