Pabllo Vittar sobre Indestrutível: “Meu luto pelos dias que a gente vive”

Novo clipe da cantora é um tratado contra a violência sofrida por jovens LGBTQ+ nas escolas do Brasil

pabllo-vittar-indestrutivel-clipe-entrevista Pabllo Vittar: “A não aceitação da família machuca a gente, a não aceitação dos amigos machuca”

Pabllo Vittar: “A não aceitação da família machuca a gente, a não aceitação dos amigos machuca” (YouTube/Reprodução)

“Eu quis que fosse em preto e branco pra mostrar o meu luto pelos dias que a gente vive hoje”, foi assim que Pabllo Vittar explicou à CAPRICHO o conceito de seu mais novo clipe, Indestrutível, que foi lançado na tarde desta terça-feira (10/4).

O vídeo é um tratado contra a violência sofrida por jovens LGBTQ+ nas escolas do Brasil, e traz, logo de cara, dados como: “73% dos jovens LGBTQ+ no Brasil são vítimas de bullying e violência nas escolas”. Informado pela pela conjunta das comissões de Relações Exteriores e de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

“No clipe, falei pro Bruno Ilogti, que é o diretor, que queria passar a verdade do que eu passei e que muitas pessoas passam. Ao mesmo tempo, trazer a mensagem da música mesmo, ao pé da letra, de uma maneira direta e que as pessoas pudessem, de alguma forma, se enxergar ali”, falou a cantora à CAPRICHO. “Pessoas que, assim como eu, já passaram por isso na escola, que passam por isso até hoje no trabalho, nas suas casas. Quero mostrar pra elas que elas podem sim ser indestrutíveis, apesar de às vezes não serem aceitas em seus lares, em seus ambientes, mas que elas podem sim mudar o rumo da vida delas. Até porque a gente pode tudo, acreditando na gente.”

Pabllo Vittar fez questão de mostrar um lado mais vulnerável no vídeo, pra mostrar como esse tipo de violência deixa marcas pra sempre em que as sofre. “A não aceitação da família machuca a gente, a não aceitação dos amigos machuca”, afirmou. “Então, quis mostrar esse lado, que a gente também é vulnerável, somos humanos que temos sentimentos.”

“São tantos LGBTQ+ mortos a cada dia e nenhuma solução é tomada, ninguém corre atrás da morte de pessoas que tinham caráter, que pagavam seus impostos, e que são esquecidas no passar dos dias”, desabafou Pabllo Vittar, que ainda deixou uma mensagem pra todos que passaram ou passam pela violência, assim como ela: “Se enxerguem e saibam que vocês sempre serão indestrutíveis, não importa o que aconteça”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s