O melhor e o pior do Emmy 2013

Por Da Redação - Atualizado em 17 ago 2016, 12h06 - Publicado em 18 dez 2015, 16h44

Oi, gente, tudo bem?

Todo mundo recuperado do último post? Haha. Então, ontem rolou Emmy Awards (o tal Oscar da TV americana) e tinha muita série boa disputando troféu a tapa. Para quem perdeu, fiz uma listinha do que achei mais justo e injusto nas estatuetas de ontem.

Continua após a publicidade

Justíssimo: Merrit Wever (a fofa Elizabeth de New Girl) levou o prêmio de melhor atriz coadjuvante de comédia por seu papel em Nurse Jackie e desbancou as sempre vencedoras atrizes do elenco de Modern Family, Jane Lynch de Glee, entre outras. Achei merecido e fiquei surpresa! Apesar de fofa, ela não era favorita.

Injusto: Jeff Daniels levar o troféu de melhor ator de drama por The Newsroom. Só tinha uma pessoa que poderia desbancar o reinado absoluto de Jon Hamm (Mad Men) nesta categoria: Bryan Cranston. Ignorar Walter White neste momento… Poxa, gente.

 

Continua após a publicidade

Justo: Os críticos fizeram mimimi, mas não tinha para mais ninguém. Afinal, o troféu de Jim Parsons pode ser repeteco, mas é merecido. Não tem ninguém na categoria com o nível dele e qualquer outra alternativa pareceria marmelada!

Injusto: Modern Family como melhor comédia? Zzzz…acordei em que ano mesmo? A série é boa, vai. Mas não rolava agora.

 

Continua após a publicidade

Justíssimo: Claire “Crazy Eyes” Danes. A gata é boa, ela é tão boa que às vezes esqueço que ela não é loucona daquele jeito que nem a Carrie de Homeland. Vibrei demais com o prêmio de melhor atriz dramática, embora não tenha sido tão surpreendente. E o bônus: vê-la fofíssima na premiação com o marido Hugh Dancy (Hannibal).

Injusto: Julia Louis-Dreyfus como melhor atriz de comédia. Sei que este é o momento em que serei apedrejada, mas, me deixem explicar! A Julia é incrível, o currículo dela fala por si só: ela foi a Elaine de Seinfeld, a histérica Old Christine e está MUSA em Veep, mas não acho que a performance dela me surpreenda. Podem xingar, mas acho que a estatuetita devia ser da Lena Dunham, vai.

 

Continua após a publicidade

Justo³: Breaking Bad é a melhor série dramática do ano! Alguém tinha dúvida? Obrigada por reconhecerem aí, academia! ♥

Injusto: Bobby Cannavale é ótimo, Boardwalk Empire é melhor ainda, mas sinceramente… eu ficaria feliz com Aaron Paul (Breaking Bad), Mandy Patinkin (Homeland) ou Peter Dinklage (Game of Thrones). Qualquer um deles esfolou mais o meu emocional neste ano.

 

E vocês, meninas? O que acharam do Emmy? Quem merecia levar o prêmio pra casa?

Um beijo,
Mari

Publicidade