Marina Ruy Barbosa sobre livro: “pensei muito em desistir”

A atriz ficou com medo da reação do público. Mas quer usar sua voz para incentivar a leitura.

Domingo. 17h. Uma livraria do shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo, estava lotadíssima e quase não havia espaço para se mexer lá dentro, embora o dia marque o clássico “ficar no sofá assistindo a Netflix”.

O motivo do ~furdunço~? Uma orla de fãs aguardava ansiosamente a atriz – e, agora, escritora – Marina Ruy Barbosa dar um autógrafo no primeiro livro dela, o Inspirações – Uma Seleção Afetiva de Reflexões e Poemas. Se você ainda não sabe, pode anotar: a obra reúne poesias, histórias e reflexões escritas por Mari.

 (Instagram/Reprodução)

“Não tenho pretensão de ser uma grande escritora, mas cada vez mais eu me sinto responsável pelo aquilo que eu divulgo nas redes sociais”, comentou Marina, que, aos 22 anos, possui 21.7 milhões de seguidores no Instagram.

“Assim, eu viro uma referência. E eu fico pensando que não quero só fazer novela, filmes e campanhas publicitárias – embora eu ame fazer. Eu quero usar a minha voz para outras coisas e é bom usá-la para falar um pouco de leitura”.

Marina se aproximou de poesia ainda na escola. “A gente vive em um país com muita desigualdade, eu tive a sorte de ter acesso a uma boa educação. Eu tive acesso a vários poetas incríveis e gostei de poesia desde cedo, mas sei que não é a realidade da maioria. Então, se eu puder, de certa forma, ser o canal de comunicação para isso, já é válido. Se 1% das pessoas que me seguem tiverem acesso ao meu livro e passarem a gostar de poesia e escreverem, será bom”.

 (Instagram/Reprodução)

“Durante o processo de criação do livro, pensei muito em desistir por pensar em como as pessoas iam interpretar e fiquei muito insegura. Mas o bom é a gente poder fazer um pouco de tudo. E já que a vida me dá a oportunidade de experimentar novos caminhos, por que não?”, continuou Mari.

E, pode ficar tranquila, a ruiva não pretende desistir da carreira de atriz ou focar apenas em ser escritora. “Ninguém é uma coisa só. No brasil, as pessoas tem essa mania de rotular. Lá fora, as pessoas são mais livres de preconceitos. O que eu quero passar para as pessoas é que eu não sou só a mulher do Instagram. Quero mostrar um outro lado da Marina”.

Quem aqui está ansiosa para conhecer? O livro já está sendo comercializado nas principais livrarias do Brasil e custa R$ 49,90.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s