Mãe de Mel Maia vai emancipá-la aos 16 anos para “facilitar nos trabalhos”

Mas isso não mudará a influência dos pais da atriz em suas decisões

Por Da Redação - Atualizado em 26 Maio 2020, 19h33 - Publicado em 26 Maio 2020, 17h19
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Larissa Manoela, Maisa Silva e Klara Castanho são exemplos de famosas que foram emancipadas, assim como acontecerá com Mel Maia. Essa medida é comum para atrizes menores de idade, porque permite que elas tomem decisões, como viajar sem acompanhante, morar sozinha, assinar documentos e ter sua própria empresa, sem precisar da aprovação dos pais.

Queremos emancipá-la, sim, se for para ajudá-la a acelerar uma documentação, a gente vai fazer. Os produtores de fora falam que isso facilita e muito para os trabalhos”, afirmou Débora, mãe da atriz de 16 anos, ao jornal Extra. Mas, devido ao período de isolamento social, isso não deve acontecer por enquanto. “Até recebia a ajuda de uma produtora para que um funcionário do cartório venha com a papelada aqui em casa, mas como agora não vai precisar, vamos dar uma segurada”, explicou.

No entanto, ela disse que a emancipação não vai mudar muita coisa para Mel, que continuará contando com os pais. “Decidimos que vai continuar tudo normal. A Mel é uma mistura de adolescente amadurecida e menina. Ela sempre toma decisões junto com a gente. O que ela diz é que assim será para vida inteira“, comentou.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

#16damelmaia ❤️

A post shared by Debora Maia (@debora.maiasousa) on

Vale lembrar que, ao ser emancipada, a atriz não pode fazer coisas restritas aos maiores de 18 anos: dirigir, consumir bebidas alcoólicas e frequentar baladas, por exemplo.

Publicidade