Lipstick: você precisa conhecer essa banda

Com influências de bandas como Panic! At the disco, Fall out boy e Spice Girls, as 5 meninas de São Paulo mostram que têm tudo para se tornar a mais nova revelação do rock nacional

Tudo começou quando um professor de música resolveu juntá-las em um ensaio. As meninas não pensavam em formar uma banda só de garotas, mas a química foi tão boa que nasceu a  Lipstick . “Somos uma banda de rock, mas tocamos desde sons mais pesados até os clássicos das Spice Girls, que adoramos”, disse a baixista, Carol Navarro.

Formada pela vocalista Mel, a baterista Tila, a guitarrista Dedê, a tecladista Mi e a baixista Carol, elas nem imaginavam que a Lipstick teria o sucesso que começou a conquistar aos poucos.

Conhecidas em São Paulo com os hits “Eu sei” e “Temporal”, as meninas dizem que não há receita para o sucesso. “Acho que o segredo é que falta mulher com atitude no rock brasileiro. Aí a galera vê uma banda com 5 meninas, cada uma com um estilo diferente, e começa a curtir”, diz Tila.

E é realmente assim. Deu para perceber, enquanto conversávamos com elas, que cada uma tem um jeito único. Mel é pura animação e falação enquanto Tila, Carol e Dedê seguem a linha “bagunceiras de plantão”. A tecladista Mi é tímida, mas não esconde a alegria quando está no palco.

A CAPRICHO foi a um dos shows da banda Lipstick e viu de perto a animação das meninas. Os fãs cantavam, gritavam e se emocionavam. “Acho que vou chorar”, dizia uma das fãs quando ouviu o começo da música “Por acaso”. Coisa de emo?

Para as meninas, as comparações com o estilo musical não são levadas em consideração. “A gente não liga pra esse negócio de emo. Somos uma banda de rock. Se as pessoas que curtem o nosso som são emo, tudo bem”, disseram. 

Aliás, quem curte a banda Lipstick não é só menina. A quantidade de garotos presentes na platéia era impressionante. “Ficamos super felizes porque sabemos que eles não vieram porque pensaram que iam ver meninas gostosas. Eles vieram pra ouvir nossa música!”, acredita a guitarrista Dedê. 

 Clipe da música “Cada segundo que eu tinha”

Se no palco as 5 meninas do Grande ABC, São Paulo, já arrasam, por detrás dele, elas mostram que, mesmo apaixonadas pela agressividade do rock?n?roll, conseguem manter a feminilidade. “Nós somos meninas, né? Gostamos de estar arrumadas e bonitas. Não é porque a gente toca que vai se descuidar”, brinca a baterista Tila. 

Ainda não conhece o som das meninas? Então dê uma passadinha no MySpace delas !

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s