Homem-Formiga e a Vespa: Paul Rudd fala sobre pressão pós Guerra Infinita

Homem-Formiga e a Vespa chega aos cinemas nesta quinta (5), pouco mais de dois meses após estreia do último Vingadores

Depois do final desesperador de Vingadores: Guerra Infinita, outros dois super-heróis da Marvel estão de volta aos cinemas para tentar dar aquela animada no clima. Homem-Formiga e a Vespa, a sequência do primeiro filme sobre Scott Lang, chega aos cinemas de todo o Brasil nesta quinta-feira (5) e a CAPRICHO conversou com Paul Rudd, que dá vida ao herói, e Peyton Reed, o diretor, para descobrir o que podemos esperar do longa.

Na timeline da Marvel, Homem-Formiga e a Vespa se encontra após os acontecimentos de Capitão América: Guerra Civil. Depois de ter sido preso, Scott tenta reequilibrar sua vida como pai quando é confrontado por Hope van Dyne (a Vespa, vivida por Evangeline Lilly) e Dr. Hank Pym (Michael Douglas) com uma nova missão urgente: a de tentar resgatar Janet van Dyne (Michelle Pfiffer) do Reino Quântico após 30 anos.

“Uma das coisas que tentamos fazer foi começar esta história em um lugar muito diferente do primeiro filme. No primeiro, Hope e seu pai têm alguns problemas que precisam resolver, mas agora já se reconciliaram. Começamos este filme com Hank e Hope trabalhando muito bem juntos e ela finalmente conseguiu se tornar a Vespa, o que é algo pelo qual ela lutou por muito tempo”, explicou o diretor Peyton Reed.

GAROTAS PODEROSAS

Uma das marcas deste filme é justamente ver como o Homem-Formiga e a Vespa lidam como parceiros numa missão. “O nome do filme é Homem-Formiga e a Vespa, então ela não é um personagem coadjuvante. Ela é protagonista junto com o Homem-Formiga. Nós conhecemos os dois no primeiro filme, mas agora as coisas evoluíram e ela é uma heroína também. Nos divertimos muito criando isso e pensando: ‘será que eles podem ser parceiros?’ Porque ela se pega pensando se precisa mesmo de um companheiro, e especialmente se ele seria Scott”, entregou Peyton.

homem-formiga-e-a-vespa Dr. Pym quer tentar resgatar sua esposa do Reino Quântico, onde ela está presa há 30 anos

Dr. Pym quer tentar resgatar sua esposa do Reino Quântico, onde ela está presa há 30 anos (Ben Rothstein/Marvel)

Mas se você acha que Scott não curte a companheira de aventuras, está errada! “O Scott está bem de boa com isso. Ele é a primeira pessoa a dizer ‘ela é quem deveria fazer isso, não eu'”, brincou Paul Rudd. “O maior conflito dele neste filme é como ele poder ser um super-herói e ao mesmo tempo um pai responsável com sua filha”, disse o ator.

Assim como seu personagem, Paul também tem uma filha de 8 anos, Darby, que é fã do Homem-Formiga. “Minha maior preocupação ao fazer este filme era a reação que ela teria ao me ver como pai de outra criança”, brincou. Darby nunca havia visto um trabalho do pai antes do primeiro filme do super-herói. “Eu dei um jeito de colocar no filme alguns pequenos segredos que eu e minha filha dividimos. E falei para ela: ‘você é a Cassie na vida real. Quando estou fazendo aquelas cenas, eu penso em você’. A reação dela foi de pura animação”, entregou. Fofo, né?

homem-formiga-e-a-vespa Scott Lang só quer passar um tempo com sua filha, Cassie, em Homem-Formiga e a Vespa

Scott Lang só quer passar um tempo com sua filha, Cassie, em Homem-Formiga e a Vespa (Ben Rothstein/Marvel)

UMA NOVA VILÃ

Neste filme, Pym decide estender sua tecnologia de encolhimento (e alargamento) não apenas às pessoas, mas também às coisas. Somando isso ao fato de que ele parece ter descoberto como entrar no Reino Quântico, atrai atenção da vilã Fantasma (Hannah John-Kamen). Nos quadrinhos, o personagem era um homem, mas acabou virando uma mulher na adaptação para o filme.

homem-formiga-e-a-vespa-fantasma Hannah John-Kamen é Fanstasma, a vilã de Homem-Formiga e a Vespa

Hannah John-Kamen é Fanstasma, a vilã de Homem-Formiga e a Vespa (Ben Rothstein/Marvel)

“Queríamos algo diferente para este longa, então pegamos a enciclopédia da Marvel, que lista todos os heróis, vilões e personagens secundários dos quadrinhos, e encontramos o Fantasma. A princípio gostamos do visual e da ideia geral dele, do poder de atravessar as coisas. Achamos que seria muito legal ver como o Homem-Formiga e a Vespa lidariam com esses poderes. Mas, como o Fantasma é um vilão menos conhecido dos quadrinhos,nos demos a liberdade de reconstruir esse personagem do jeito que quiséssemos – e decidimos fazer uma inversão de gêneros e transformá-lo numa mulher, até mesmo porque isso é algo que não vimos muito no Universo Marvel”, contou o diretor.

MAS E AQUELE FINAL DE VINGADORES, MARVEL?

Tá, a gente sabe: depois do fim de Guerra Infinita fica até difícil se concentrar em filmes de super-heróis, não é mesmo? Pois saiba que Homem-Formiga e a Vespa tem uma ligação direta ao último filme de Vingadores. “Decidimos apenas contar nossa história, que acontece nesse cantinho do universo cinematográfico da Marvel, e conforme o filme avança, ele vai entrando na questão de onde se encaixa na timeline da Marvel e como lidamos com Guerra Infinita”, disse Peyton. Quer pistas de como isso acontece? Então fique para a cena pós-créditos! 

homem-formiga-e-a-vespa O Homem-Formiga só consegue voar em cima de uma formiga, já a Vespa…

O Homem-Formiga só consegue voar em cima de uma formiga, já a Vespa… (Marvel/Divulgação)

Mas deve rolar uma pressão lançar um filme de heróis logo após um sucesso como Guerra Infinita, que arrecadou mais de US$ 2 bilhões ao redor do mundo, né? Segundo Peyton Reed, mais ou menos… “O primeiro filme do Homem-Formiga foi lançado depois de Vingadores: Era de Ultron, que naquela época era o maior filme da Marvel, então estamos em uma situação parecida agora”, contou o diretor.

“Nós chegamos ao cinema depois de Vingadores: Guerra Infinita e Pantera Negra, que foram grandes sucessos, então acho que só podemos nos cobrar até certo ponto. O segredo é fechar os olhos para os números, tentar entender onde você se encontra no universo Marvel e se divertir. Fizemos o melhor filme que podíamos”, completou Paul.

E aí, ficou curiosa para ver Homem-Formiga e a Vespa?

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s