Guilherme Berenguer adora sonhar

O cara não gosta de "ficar por ficar" e leva o trabalho super a sério. Confira uma entrevista exclusiva com o ator.

A idéia inicial era pegar o Guilherme nos estúdios da Globo, o Projac. Mas ele foi liberado mais cedo das gravações eacabamos nos desencontrando. Seguimos, então, para a casa dele, na Barra da Tijuca. Ele apareceu usando boné pra trás, calça jeans, jaqueta (é… no Rio também faz frio) e uma cara muito boa. Como no dia seguinte tinha planos de gravar às 8 da manhã, começamos a entrevista no banco de trás do carro, onde ele me ofereceu a metade do seu chiclete. Maior fofo!

Quem é o Guilherme Berenguer pelo Guilherme Berenguer?

É ter um motivo para dormir e para acordar. Eu sempre funcionei assim. Sou meio sonhador.

Por que você dorme e acorda hoje?

Para realizar bem esse meu sonho que eu estou vivendo e por meio dele construir uma base para amanhã poder fazer outras coisas que eu quero fazer profissionalmente. Durmo e acordo pra isso e para também para ser feliz, né?

Quer fazer cinema?

Yes! Vou fazer. Fiz um curta-metragem chamado De Morango, de um diretor chamado Fernando Grostain e tinha no elenco Fernanda Rodrigues, Paula Franco e Daniel Dantas.

Gostou da experiência?

Demais.

Mais legal que tevê?

Sãosabores diferentes.Porque na televisão você tem uma coisa que é instantânea, do dia-a-dia, usa muito o que tem disponível. Cinema às vezes dá pra viajar, é mais profundo. Na televisão é tudo mais normal, tem o cara que vai pra escola…

O que você tem a ver com o Gustavo?

No começo achei que ele era muito diferente de mim, mas depois percebi que ele tem determinação. Eu sou muito assim. Quando eu falo uma coisa, eu vou e faço. Eu quero e corro atrás. E essa é uma característica muito presente no Gustavo.

E a liderança?

Também. Eu às vezes sou meio líder. Eu gosto de chamar as pessoas pra fazer umas paradas, sugerir… E as pessoas compram muito as minhas idéias. Eu sempreacho que eu tenho essa facilidade.

E você, que é evangélico,usa isso para tentar levar as pessoas para a sua igreja?

Sabe o que acontece? Respeito muito as pessoas e procuro separar bem as coisas. Pô, tô aqui trabalhando e não vou ficar enchendo o saco. Tem que respeitar. Lógico que se as pessoas perguntarem como eu faço para manter tudo isso, onde eu busco essa força, eu vou falar na boa. Já foi a época em que o evangélico era um careta, um limitado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s