Giulia Be fala sobre expectativas para sua apresentação no Rock in Rio

A cantora se apresentará no Rock in Rio ao lado de Projota e Vitão no dia 5/10

“Estava dormindo ainda e minha mãe entrou no meu quarto batendo todas as portas, abrindo todas cortinas e falando para eu olhar o celular”. Foi assim que Giulia Be descobriu que se apresentaria no Rock in Rio 2019. Já imaginou a felicidade? A cantora de 20 anos foi uma dos novos nomes da música em que apostamos no início do ano – e parece que acertamos, hein?

Giulia Be nos bastidores da gravação da faixa Too Bad

Giulia Be nos bastidores da gravação da faixa Too Bad (Reprodução/Instagram)

Sua faixa Too Bad fez parte da trilha sonora da novela O Sétimo Guardião, da Globo, e alcançou 10 milhões de visualizações no Youtube. Já Menina Solta, seu último lançamento, chegou às plataformas em agosto e também conquistou o coração de muita gente. Além disso, ela foi convidada para abrir o show do grupo Pentatonix aqui no Brasil, o qual acontece em outubro.

Em conversa com a CAPRICHO, Giulia falou sobre suas expectativas para a apresentação no RiR, no dia 5 de outubro, os próximos planos para a carreira e ainda entregou detalhes sobre a inspiração para a letra de Menina Solta.

CH: O que você espera da sua apresentação?

GIULIA: Fui até a Cidade do Rock outro dia, vi o palco Sunset e pensei: “Como é que eu vou subir aí?” (risos). Eu estou bem animada, porque o Projota e o Vitão têm um público bem envolvido e muito receptivo. Tento nunca criar muito expectativa, mas espero poder dar meu melhor e ter o pessoal participando. Mas me sinto um pouquinho nervosa, porque vai ser um dos maiores públicos para o qual já toquei. Estou tentando encarar como se fosse qualquer outro show, apesar do Rock in Rio ter muito peso.

CH: O que você pode nos contar sobre as músicas da sua apresentação?

GIULIA: Como é um show do Projota em que eu e Vitão iremos participar não escolho muito o que iremos cantar. Mas sei faremos uma versão nossa de Cobertor, da Anitta com o Projota.

Giulia Be se apresentará no dia 5/10 no Rock in Rio

Giulia Be se apresentará no dia 5/10 no Rock in Rio (Reprodução/Instagram)

CH: E qual a sensação para sua abertura no show do Pentatonix?

GIULIA: Para esse eu estou muito mais tensa, porque são 45 minutos palcos, uma mini turnê e terá músicas novas. Estou treinando muito para ficar incrível. É muita coisa na minha cabeça, são vários componentes para uma apresentação só, mas estou feliz.

CH: No clipe de Menina Solta, descobrimos que a letra é baseada em uma história real. Qual foi exatamente essa inspiração?

GIULIA: Eu tenho a mania de brincar com elas, pedindo para me contarem um B.O. da vida para eu escrever uma música sobre. Aí eu estava em Saquarema com meus amigos e uma amiga estava passando por essa situação da faixa. Foi tudo fruto de uma brincadeira, eu escrevi em 15 minutos. Depois todo mundo ficou com a letra na cabeça e pediram para eu gravar.

Eu também me inspirei em coisas pelas quais já passei, porque já fui muito essa menina solta. No clipe eu só queria mostrar algo que fosse real, colocar minha pessoalidade e meu jeito brincalhão. Foi um dia comum de praia com meus amigos, tanto que no final nem sabíamos quando estávamos sendo gravados ou não.

CH: Você pretende continuar lançando músicas em inglês?

GIULIA: A razão pela qual eu canto nas duas línguas é porque elas fazem parte do meu momento de composição, às vezes penso na letra em inglês. Planejo continuar lançando as duas, não sei em qual medida. Agora estou focando em português, porque é o que tem fluido. Sempre quis que as pessoas soubessem que minha ideia não era traçar uma carreira internacional. Essa não é minha ambição, apesar de que ter reconhecimento geral é algo que todo artista pensa.

CH: Quais são seus planos para o futuro?

GIULIA: Agora eu estou curtindo Menina Solta cada vez mais, mas também sempre pensando no futuro. Eu não posso falar muito sobre ainda, mas terão algumas músicas inéditas e vai ser uma nova fase da Giulia. Pretendo lançar singles e quero muito ter um coletivo das minhas músicas, seja um EP ou álbum.

Esse começo de carreira é muito um momento de conhecer seu público e crescer como artista. É bom que eu esteja nessa fase de singles ainda, porque quando for um álbum vai demorar uma eternidade, já que sou perfeccionista.

Voa, Giulia! ❤

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s