Fomos ver de pertinho a nova turnê da Taylor Swift e contamos tudo pra vocês

A CAPRICHO conferiu a passagem da 1989 World Tour por Detroit, nos Estados Unidos, na noite de sábado (30/5)

Sem medo de soar exagerada, já vou dizer de cara: a turnê 1989 , da Taylor Swift, é uma das coisas mais ambiciosas e lindas que eu já vi na vida. E olha que eu já vi bastante show… Mas essa tour tem tudo pra fazer história. Primeiro, porque ela está podendo, né? Segundo, porque o show é mesmo incrível.

Na noite de sábado (30/5), acompanhei a apresentação dela em Detroit, nos Estados Unidos. Taylor estava muito empolgada em estar de volta ao Ford Field, um estádio imenso de futebol americano, onde ela tocou para 51 mil pessoas. O começo do show já foi super emocionante, porque todo mundo no estádio recebe pulseiras que piscam de acordo com a música – o efeito é MUITO lindo!

Durante o show, ela dança e canta de verdade (tem uma ajudinha das backup singers e um pouco de playback, mas a voz dela é linda!), sempre fazendo caras e bocas pra sensualizar! Ah, ela também tem banda, com guitarra, baixo e bateria. As roupas dela são um show a parte. Minha favorita foi um short de cintura alta e crop top brancos e bota preta de cano longo com uma cinta liga de paetês. Tem um momento do show em que ela canta num piano meio prateado num formato de ondas. Sem falar nos microfones, todos cravejados de brilhos. Arrasou, Tay!

Além dos hits Blank Space, Shake It Off, Style (que contou com um mini desfile de Martha Hunt e Gigi Hadidi no palco), Out Of The Woods , da novíssima Bad Blood, I Knew You Were Trouble e We Are Never Ever Getting Back Together , a apresentação tem várias outras músicas que ficam muito legais ao vivo, caso de I Wish You Would , quando o telão mostra uma imagem linda da ponte do Brooklyn, em Nova York, enquanto os dançarinos rodopiam com guarda-chuvas luminosos. O público de Detroit ainda ganhou um presente: Dan Reynolds, vocalista do Imagine Dragons, subiu ao palco pra cantar Radioactive com ela. Foi demais!

No meio do show, eles mostram uns vídeos gravados com as amigas de Taylor, como as meninas da banda Haim, Lena Dunham (criadora da série Girls), Selena Gomez, Lily Aldridge e Cara Delevingne, na qual elas falam um pouco sobre como é viver pertinho da pop star. “Taylor é o tipo de pessoa que sempre está fazendo algo louco, tipo, adotando um gato no Brooklyn no meio da madrugada”, conta Lena. “A coisa que a gente mais gosta de fazer quando estamos juntas é comer”, entrega Selena.

O show meio que te faz rir e chorar junto com a Taylor. Meu discurso favorito da noite foi quando ela disse algo assim: “Às vezes, as pessoas vão falar mentiras sobre você, mas nessas horas você tem que se olhar no espelho e saber o que você é e o que você não é. Só porque você cometeu alguns erros não quer dizer que você não seja legal. Cometer erros nos dá experiência. A gente coloca um pé na frente do outro e continua”, disse ela, com os olhos marejados. Ai meu coração! #teamtaylor

Preciso confessar que, depois desse show, virei uma swiftie de vez. =P

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s