EXCLUSIVO: Paul Wesley fala sobre TVD: “Foi uma época incrível”

O ator esteve no Brasil no começo do mês e conversou com a CAPRICHO

No começo do mês, Paul Wesley esteve no Brasil para a Vampire Attraction, uma convenção de fãs de The Vampire Diaries e The Originals e deu uma entrevista exclusiva à CAPRICHO sobre suas visitas ao país, o fim da série e seus planos futuros. Olha só como foi:

CH: Essa já é a sua 4ª ou 5ª vez no Brasil, já tá ficando enjoado? (risos)

Paul: Não, porque eu nunca fico aqui por tempo suficiente. Eu venho aqui e todo mundo é tão legal, todos me tratam tão bem e, eu até estava falando com um amigo meu hoje, eu não sei como é o Brasil sem esse tipo de tratamento, então eu sempre tenho uma certa ideia do país, mas eu amo.

CH: Tem alguma coisa que você vem aqui e sempre quer fazer, tipo já virou um costume?

Paul: Não, mas tem uma coisa que eu sempre quis fazer e nunca tive coragem, que é saltar de parapente. Eu já fui lá uma vez e vi as pessoas pulando e eu fiquei muito impressionado.

Chose to sit out on this here activity.

A post shared by Paul Wesley (@paulvedere) on

CH: Acho que a Nina pulou quando ela veio para cá…

Paul: Ela pulou? É, ela é muito mais aventureira que eu.

CH: Você disse em uma entrevista que chorou enquanto lia o roteiro do último episódio de The Vampire Diaries. Qual foi o momento que fez você começar a chorar?

Paul: Então, não foi exatamente um momento específico. Foi uma dessas coisas, perto do fim… eu não achava que ia ficar emotivo de jeito nenhum, mas acho que foi porque representou o fim de um capítulo. Foram oito anos e eu percebi que era a última vez que eu iria ler um roteiro para a série e eu não imaginava que seria tão importante para mim, mas acabou me surpreendendo.

CH: Você tem algum momento favorito quando pensa nos últimos oito anos?

Paul: Não exatamente uma memória específica, eu apenas olho para trás e é engraçado pensar nas primeiras temporadas, em que eu, a Nina e o Ian viajávamos tanto e estávamos constantemente voando, e ficando em hotéis, fazendo divulgações para a imprensa e agora parece que tudo aconteceu tão rápido que eu não absorvi tudo que estava acontecendo, mas foi uma época incrível nas nossas vidas.

CH: Você dirigiu um episódio de Shadowhunters, como foi? Você pretende dirigir mais?

Paul: Sim, com certeza. Quer dizer, eu adoraria dirigir mais Shadowhunters, foi muito legal, só não sei ainda se vai rolar mesmo. Mas outras séries eu com certeza vou dirigir e filmar.

CH: Já tem algo programado?

Paul: Nada 100% certo sobre o qual eu posso falar.

CH: Mas você ainda não descartou atuar, né?

Paul: Não, de jeito nenhum. Eu só estou tirando um tempinho para achar o papel certo e ver o que eu quero fazer. Quer dizer, depois de oito anos, você quer levar as coisas com mais calma.

Se você já está com saudade de The Vampire Diaries, pode ficar tranquila porque a série é lançada pela Warner Home Entertainment em DVD e a 8ª e última temporada já chega às lojas em agosto! Até o final do ano, a 4ª temporada de The Originals também estará disponível.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Olá pessoal. Deem uma passadinha no meu canal pra conferir. Ele é novo e to começando, mas vai que você se identifica um pouquinho comigo ♥
    Venha conferir o DE PORTAS ABERTAS. Eu estou aqui, só esperando você entrar e se sentar.

    Curtir