Estudo comprova: Grey’s Anatomy mata 3 vezes mais que vida real

A pesquisa provou o que a gente já sabia: Shonda Rhimes é mesmo a rainha do drama

Se você é daqueles que se acha médico só porque assistiu às 14 temporadas de Grey’s Anatomy, cuidado! (rs). Um estudo da revista de medicina Trauma Surgery & Acute Care Open provou que a série dá a impressão errada de como os traumas são tratados na realidade.

Para realizar o estudo foram comparados os tratamentos de 290 pacientes fictícios da série aos traumas reais de 4.812 pacientes de um banco de dados nacional dos Estados Unidos.

Grey’s Anatomy mostra a realidade do dia a dia em um hospital

Grey’s Anatomy mostra a realidade do dia a dia em um hospital (ABC/Divulgação)

De acordo com a pesquisa, a taxa de morte foi três vezes maior em Grey’s Anatomy do que na vida real (22% contra 7%). A velocidade com que os pacientes se curam no Grey Sloan Memorial Hospital também é bem mais rápida do que acontece aqui no ~nosso mundo~. Na série, 50% dos pacientes em estado grave são liberados em menos de uma semana após o trauma/acidente, enquanto na vida real, isso acontece somente com 20% dos internados.

Outras diferenças importantes dizem respeito ao fato de que, na série, 71% dos pacientes vão da unidade de emergência diretamente para a sala de cirurgia, enquanto que isso só acontece com 25% dos pacientes reais.

“Apesar de o realismo ser um elemento importante para o sucesso de uma série dramática em um ambiente de trabalho contemporâneo, como um hospital ou uma delegacia de polícia, os requisitos para o efeito dramático se concentram no excepcional, e não no comum”, dissera os autores do estudo, do Hospital St. Josephs, em Phoenix, no Arizona.

 (ABC/Divulgação)

Resumindo, a série se baseia em acidentes raros e doenças menos comuns para dar mais dramaticidade à trama, chamando assim mais atenção do público. Por isso, o Ministério da Saúde CH adverte: não se baseie em tudo o que você verá na TV. Hehe.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s