Dulce María sobre a volta do RBD: “Não sei se algum dia vai acontecer”

Apesar de dizer que adoraria ver o retorno do grupo, a eterna Roberta não foi muito positiva sobre essa possibilidade

Por Gabriela Zocchi - Atualizado em 9 ago 2019, 13h18 - Publicado em 9 ago 2019, 13h16

Já reparou que a nostalgia está na moda? A Disney está lançando live-actions das animações que marcaram nossa infância, grupos como Jonas Brothers e Sandy e Junior estão voltando… E o RBD, hein, gente?! É a pergunta que não quer calar.

Desde que o sexteto se separou, em 2009, os fãs vêm pedindo um retorno. Mas, de acordo com Dulce María, não os veremos juntos nos palcos tão cedo. A cantora deu uma entrevista ao canal da jornalista mexicana Mara Patricia Castañeda e decidiu abrir o jogo sobre porque essa reunion é tão difícil de acontecer.

Em 2006, o fenômeno no Brasil era o grupo mexicano RBD! Sdds <3 Televisa/Reprodução

Estamos em diferentes fases, tanto pessoal como profissionalmente. É difícil que tão logo consigamos nos reunir. Seria incrível, porque sei que tem muitos fãs pedindo por isso como se os anos não tivessem passado. Nós vemos nas rede sociais que as pessoas ainda vivem com isso. Mas não sei se algum dia vai acontecer. Na melhor das hipóteses, será daqui alguns anos“, entregou ela.

Entre os temas abordados na conversa, Dulce explicou também o motivo pelo qual o grupo acabou. “É difícil saber a resposta da separação, porque foram vários fatores. Nós fazíamos parte do grupo, mas não éramos responsáveis por todas as decisões e, por outro lado, todos tinham suas carreiras, seus sonhos, suas ideias, além de enfrentarmos o cansaço e as viagens, que nos deixavam longe da família. Não podíamos fazer nenhum outro projeto e ninguém mais podia ter uma vida pessoal. Os shows e a energia que sentíamos eram lindos, mas ao mesmo tempo, era muito desgastante”, confessou.

Continua após a publicidade

Embora Alfonso Herrera já tenha assumido a responsabilidade pelo fim do RBD, Dulce explicou que a culpa não foi totalmente dele e que, na verdade, a ideia de formar uma banda acabou pegando todo mundo de surpresa quando eles começaram a gravar a novela Rebelde.

A gente achou que gravaria dois discos e pronto. No início, nos disseram que poderíamos participar de um grupo. Seria a novela e um disco com o grupo da novela. Falamos ‘ah, ok’. Nos falaram que o grupo duraria o tempo da novela. Cada um teve uma reação diferente, eu imagino. Eu gostava de música. Eu já tinha vontade de compor minhas canções, ao contrário de Poncho, que não queria trabalhar com música… Não era algo que ele gostasse”, afirmou. Ela disse ainda que Christopher Uckermann também não deixou muito claro se curtia a ideia, enquanto ela, Maite Perroni, Christian Chávez e Anahí se jogaram de cabeça.

Poxa, a gente queria o comeback do RBD!

Publicidade