Dica: o rock good vibes da Banda Fuze é pra colocar no repeat na playlist!

Em entrevista, a banda carioca conta como o sucesso do baterista Pedro Novaes em "Malhação" está abrindo mais portas para os meninos: "O rock não morreu!"

Formada no Rio de Janeiro e composta por Pedro Novaes, Diogo Novaes, Felipe Novaes e Guilherme Fonseca, a Banda Fuze se apresentou no último sábado, 15, na 18º edição do Festival João Rock, em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Depois de vencer um concurso com mais de 600 bandas participantes, o quarteto realizou o grande sonho de tocar em um evento com um público de 65 mil pessoas! Essa é a primeira oportunidade desse tamanho da Fuze, mas os meninos já se conhecem há muitos anos. Como você deve ter reparado, os sobrenomes de Pedro, Diogo e Felipe são os mesmos. Isso porque Pedro e Diogo são irmãos, ambos filhos do ator Marcello Novaes, e Felipe é primo. Gui entrou para o grupo depois, mas trouxe um profissionalismo que os então adolescentes cariocas ainda não entendiam que eram imprescindível para a carreira musical.

Esse é o Diogo, o vocalista da Fuze. Bem 70s groovy!

Esse é o Diogo, o vocalista da Fuze. Bem 70s groovy! (Deividi Correa e Denilson Santos/AgNews)

Inspirados no pedal Fuzz do Jimi Hendrix, um dos maiores nomes da história do rock, a Fuze nasceu e, uns oito anos depois, em 2018, lançou seu primeiro EP, “AutoReflexo”, com singles como Corrente, que fez parte da trilha sonora da novela O Sétimo Guardião, da Rede Globo, e Mar de Flores, cá entre nós, uma de nossas favoritas. Elas fizeram parte do set list apresentado no João Rock, que contou ainda com muitas novidades que devem ser apresentadas no próximo álbum. “Até o final do mês, a gente deve lançar alguma música nova e, até o final do ano, algo maior”, conta Felipe. Diogo complementa dizendo que ainda não dão uma data certa pra não criar expectativas nos fãs, mas que estão em processo de produção e que geral pode esperar um lançamento muito bem feito.

Veja também

 

O concurso abriu novas portas para a banda, assim como a participação de Pedro em Malhação: Toda Forma de Amar. Depois de receber algumas propostas, o filho de Marcello Novaes e Letícia Spiller finalmente se sentiu preparado para se jogar na atuação e dar vida ao primeiro protagonista da sua jornada. A Fuze, contudo, não quer ser uma banda conhecida apenas pela fama dos parentes. Ela quer caminhar com as próprias pernas e conquistar inclusive aqueles que vieram por causa do “negócio da família”.

O Filipe de Malhação arrasa como batera!

O Filipe de Malhação arrasa como batera! (Deividi Correa e Denilson Santos/AgNews)

O papel em Malhação está exigindo bastante de Pedro, mas ele garante que a música ainda é prioridade: “Só tivemos que reajustar a agenda do grupo, mas, de resto, segue tudo normal. O fato de eu estar em Malhação está abrindo até mais portas pra gente. Foi uma coisa que a gente queria que acontecesse. Então, foi um gatilho total”, disse, ciente de que precisam aproveitar essas chances que a vida dá.

Com influências que vão de Bob Marley a Red Hot Chilli Peppers, a banda favorita dos meninos, a Fuze traz um groovy praiano e um rock jovem. Nem sempre foi assim, é verdade. O Guilherme, por exemplo, não gostava do estilo musical quando era mais novo. “Eu gostava só de samba. Depois, fui aprendendo a tocar um rock & roll no cavaquinho e fui me apaixonando. Daí passei a tocar guitarra”, revela. Gui ainda opina sobre a cena atual do rock no Brasil: “Ela existe, tem muita gente fazendo muito rock incrível, mas está muito sem espaço. Mas estamos conseguindo quebrar isso”. Felipe completa a fala do colega de banda: “A gente fala que o Brasil está pobre de banda, mas não está. É que realmente o espaço fechou um pouco no geral, mas a galera, no conjunto, vai furar essa bolha junto. É um movimento, uma cena”. Para Diogo, os artistas precisam se unir e acabar com esse lance de competição interna: “A internet veio quebrando muita barreiras, só que a internet tem um problema que ela pode ser muito singular. O que a gente está vendo e querendo fazer é uma força só do rock, como acontece no rap e no funk. O rock tem que fazer isso. Vamos botar o rock na cara do gol. O rock não morreu!“.

Gui, o guitarrista, quebrando tudo em seu solo!

Gui, o guitarrista, quebrando tudo em seu solo! (Deividi Correa e Denilson Santos/AgNews)

O Festival João Rock, de fato, vem provando isso a cada ano. A 18º edição quebrou recorde de público e mostrou, mais uma vez, que a mistura de estilos musicais é saudável e que muitos têm grande influência do ritmo consagrado por nomes como Beatles, Elvis Presley, Legião Urbana, Os Paralamas do Sucesso… “Por ser o primeiro festival que participamos, sentimos um amadurecimento na nossa carreira. Foi como se tivéssemos subido mais um degrau. Percebemos também o quanto a gente ainda pode fazer”, contou a Fuze em entrevista.

Diogo, Pedro, Felipe e Guilherme são o combo perfeito: bonitos, estilosos, questionadores, inteligentes e talentosos. A pura atitude rock & roll de uma juventude que tem tudo ao alcance na palma das mãos, mas que não pode se esquecer das coisas que a tecnologia jamais poderá oferecer – mas o good vibes da banda pode e deve ser ouvido no celular, nos streamings de música, no YouTube; e depois compartilhado nas redes sociais. Tá liberado!

Não dá pra ver na foto, mas o Felipe estava com uma meia de cada cor. Mas a pintura corporal dá pra sacar bem! O pai do baixista pinta quadros e trouxe toda essa ligação que a banda tem com tinta.

Não dá pra ver na foto, mas o Felipe estava com uma meia de cada cor. Mas a pintura corporal dá pra sacar bem! O pai do baixista pinta quadros e trouxe toda essa ligação que a banda tem com tinta. (Deividi Correa e Denilson Santos/AgNews)

SET LIST COMPLETO DO SHOW NO JOÃO ROCK (com algumas dicas da nossa redação):
1. Me Deixa À Vontade
2. Antes de Você
3. Mar de Flores (a favorita da CH!)
4. Sonho
5. Corrente (o hit)
6. Amanhã
8. Tão Bom
9. Cover de Zóio de Lula, do Charlie Brown Jr, e Oh! Chuva, do Falamansa
10. Arrepio (#aposta)

PARA OUVIR:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s