Cheio de convidados e referências, 7/27 é o melhor dos álbuns da Fifth Harmony!

Ele demorou, mas chegou - e arrasando demaaais!

 
Nesta sexta-feira (27), a Fifth Harmony FINALMENTE lançou o seu 7/27, seu segundo álbum de estúdio. Com nome em homenagem ao dia em que elas se juntaram durante o X-Factor americano, o novo CD pretende “mostrar um lado desconhecido do grupo” e, para isso, conta com colaborações maravilhosas como Kygo, Fetty Wap, Missy Elliot e até do cara que produziu Sorry, do Justin Bieber!
 
Como resultado, a girlbando conseguiu um álbum que ultrapassa as fronteiras do pop, com muito rap, house e hip hop. Tudo isso, claro, permeando mensagens de empoderamento feminino, marca das garotas. Pra te ajudar a tender esse novo momento de Ally, Normani, Dinah, Camila e Lauren, a CAPRICHO ouviu cada faixa e te conta tudo sobre elas. Se liga!
 

That’s My Girl

Opa, pera… Que trompetinho é esse? Anitta, é você? Não é não, mas a faixa de abertura do 7/27 é tão dançante quanto o single da brasileira e o melhor: recheada de #GirlPower! “Como diziam as Destiny’s Child, levante e vá atrás do que você quer. Fique independente e nunca se esqueça disso”, cantam elas, se aproximando do público. “Tem uma sujeirinha aqui no seu ombro, deixa eu limpar. Se você me entendeu, você é a minha garota!”
 

Work from Home

Precisa falar alguma coisa???
 

The Life

Essa foi uma das primeiras faixas não-single que os fãs puderam ouvir. Ela está entre as músicas mais fracas do álbum, mas se você curte ouvir as meninas arrasando nos agudos, vale a ouvir – no repeat!
 

Write on Me

Fofa, a música fala sobre um alguém que quer ser “marcada” (no bom sentido, óbvio!) pela pessoa amada. Com letra e ritmo de baladinha, Write on Me tinha tudo pra ser só mais uma baladinha pop, mas foi salva pela produção de Kygo, jovem DJ norueguês expoente do tropical house. Daí essa sensação de “paz” que a música traz, entendeu? 🙂
 

I Lied

Se você vai em um dos shows das meninas que vão rolar em Junho no Brasil, pode preparar um calçado bem confortável porque vai dançar MUITO, viu? E esta faixa é a prova disso. Com toques de trap e eletrônico envolvendo uma letra sacana sobre amo, ela foi produzida pelos caras do The Monsters and the Strangerz, que não só já trabalharam em Better Together como também já trabalharam com vários ídolos nossos: Demi, Selena, Meghan… Até Levels, do Nick Jonas, tem o dedo deles!
 

All in My Head

Depois de alcançar o topo das paradas com a sua incrível Trap Queen, o rapper Fetty Wap juntou sua voz marcante às Fifth Harmony em All in My Head, uma das faixas mais sensuais do álbum. “Vem e sobe aqui na minha cama. Não seja tímido. É hora da gente se mostrar, impressionar”, cantam elas usando o termo “flex”, muito comum no rap. Estamos adorando essa mistura de ritmos e referências! ❤
 

Squeeze

Percebeu alguma semelhança entre essa faixa e Write on Me? É que essa aqui também foi produzida pelo Kygo, que mais uma vez arrasou ao misturar as potentes vozes do grupo com seu tropical house. Mas desta vez o resultado é uma música supergostosinha para ouvir com o crush numa viagem ou numa praia meio vazia. Fecha os olhos e imagine essas cenas. Maravilhoso, não é?
 

Gonna Get Better

Se tem uma coisa que essas garotas sabem fazer é música pra pensar no crush, né gente? Em Gonna Get Better, elas estão lidando com aquele velho clichê do boy que nunca se acha suficiente pra agradar a gente quando, na verdade, ele é maravilhoso. É uma faixa que lembra bem o estilo do começo das Fifth Harmony e, não à toa, uma das melhores do CD. Principalmente por conta das batidinhas sensuais e, claro, pela influência forte da Mariah Carey, ídola-mor das meninas.
 

Scared of Happy

Apesar de a letra falar sobre alguém que está com medo da felicidade, nós queremos botar o bumbum pra jogo desde a primeira estrofe de Scared of Happy, que começa com uma coisa meio Shakira e desagua num refrão que mistura reggae, trap e eletrônico. A culpa, de novo, é do produtor: Bloodpop. Não conhece? É só o cara que assina a produção de Sorry, do Bieber, junto com Skrillex. Essa meninas não estão pra brincadeira, gente!
 

Not That Kind Girl

Essa música fala sobre esses caras estilo “rei do camarote” que acham que conseguem conquistar qualquer mulher só porque são ricos. Bom, para avisar que ninguém aqui é ‘desse tipo’, Ally, Normani, Dinah, Camila, e Lauren convidaram ninguém menos que Missy Elliot, uma verdadeira rainha do hiphop! O resultado é uma faixa superdançante e cheia de GirlPower, perfeita pra quando a gente quer se sentir dona da p**** toda! ❤
 

Dope

Quem só conheceu as garotas fofinhas e inocentes de Better Together pode ficar um pouco asustada ao vê-las cantando “não sei mais o que dizer, você está bem chapado!”. E pra quem gosta de muitos agudos, a faixa é perfeita: aqui as meninas abusam dos agudos tanto quanto em Everlasting Love, do Reflection!
 

No Way

Apesar de terem um fandom gigantesco e muito leal, Ally, Normani, Dinah, Camila, e Lauren sabem que também colecionam muitos haters por aí. Por isso, talvez, elas tenham escolhido encerrar seu CD avisando que não são perfeitas de jeito nenhum. “Temos um público nos chamando de loucas, mas nós ignoramos esses discursos de ódio”, dizem elas. Relaxem, meninas. Se depender da gente, você têm uma fonte infinita de amor, tá? ❤ COME TO BRAZIL LOGO!
 
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s