Capa escolhida por Meghan Markle para a Vogue Britânica causa polêmica

Os fãs da família real sentiram falta de uma pessoa na capa

Por Mel Trench - Atualizado em 29 jul 2019, 17h09 - Publicado em 29 jul 2019, 15h59

Meghan Markle foi convidada para editar a edição de setembro da Vogue Britânica. Muito chique! Com o nome de Forces for Change (Forças pela Mudança), a revista terá uma entrevista entre a duquesa e Michelle Obama. A capa conta com quinze mulheres que são inspiração para Meghan, mas as escolhas foram criticadas por diversas pessoas nas redes sociais. Vem entender!

Jameela Jamil, Yara Shahidi, Laverne Cox e Chimamanda Ngozi Adichie são alguns dos rostos estampados na capa, composta por diversas ativistas de causas como proteção do meio-ambiente e direitos de pessoas transgênero. Entretanto, muitos fãs da família real criticaram a duquesa, dizendo que ela poderia ter escolhido a Rainha Elizabeth II para fazer parte do grupo. Eita!

Alguns comentaram: “Onde está a rainha?” como respostas ao tuíte da capa. Uma conta decidiu ser bem afrontosa e relação ao assunto e escreveu: “Aqui temos mais um exemplo de Meghan fazendo as m*rdas glamourosas que ela adora fazer. Aposto que o artigo vai vir com um manual de instruções sobre como devemos ler e para não olharmos muito para sua foto. Mal posso esperar para ela tirar logo esse diploma de esposa”. Gente! Parece que as pessoas ficaram muito irritadas.

Reprodução/Twitter

Além dessa polêmica, outros fãs da realeza também disseram que Meghan não se importa com o Reino Unido, chegando até a comentar que ela gostaria mesmo era de editar a capa da revista dos Estados Unidos.

Chato, né?

Publicidade