Assistimos “Dezesseis Luas” e contamos o que você precisa saber sobre o filme!

Essa semana, finalmente estreia no cinema um dos nossos filmes mais aguardados do ano: “Dezesseis Luas”, inspirado na série de livros escrita por Kami Garcia e Margaret Stohl.

A CAPRICHO já assistiu, e te conta agora as coisas mais legais que você vai encontrar no filme. Olha só:

Não tente comparar

Apesar de ser um romance adolescente sobrenatural, assim como outros bem famosos que estamos acostumadas a ver por aí, “Dezesseis Luas” tem uma história única e diferente. Há um caso de amor entre um mortal e uma imortal, mas não é a mesma coisa que “Crepúsculo”. Tem um monte de bruxos, mas não é igual “Harry Potter”. O casal principal é fofo e luta para ficar junto, mas também não dá na mesma que “Meu Namorado É um Zumbi”. Ficar comparando um filme a outro não vai te deixar aproveitar tudo de legal e novo que a história tem para oferecer. 😉

Prepare-se para se apaixonar

Uma coisa muito importante precisa ser dita sobre “Dezesseis Luas”: esse protagonista é MUITO fofo! Tipo, muito!

O personagem Ethan (Alden Ehrenreich) é um garoto que não curte a cidade em que vive (que é mega pequena) e nem as pessoas de sua escola. Então, enquanto não chega a hora de sair de lá para fazer faculdade, ele vai levando a vida com bom humor e sarcasmo, sabe? Até que Lena Ducchanes (Alice Englert) aparece…

O romance dos dois é cheio de carinho, cumplicidade e lealdade. Ethan percebe que a garota é toda tímida e um pouco agressiva, mas, mesmo assim, sabe que tem algo especial nela e insiste para que a relação dê certo. Fica ao lado dela o tempo todo, a defende, faz tudo por ela…e além de tudo tem um par de olhos azuis absolutamente encantadores! Como não se apaixonar, sério? ❤

Essa família é muito unida (ou não)

O núcleo da família de bruxos de Lena é simplesmente ótimo! Seu parente mais próximo é um tio super estranho que deixa a gente na dúvida se é gente boa ou não. Também tem a prima dela, Ridley (Emmy Rossum), que era super amiga de Lena na infância, mas hoje as duas têm brigas assustadoras! E há ainda a mãe da garota, que é uma bruxa das trevas tão terrível que foi banida do convívio da família. Sem falar que a casa onde eles moram é bem no estilo de uma casa mal assombrada, cheia de “efeitos especiais” no interior! De impressionar qualquer um!

O final não é nada previsível!

Esqueça aquelas histórias em que, logo nos primeiros minutos, você já adivinha como será o final. Em “Dezesseis Luas”, o final é surpreendente em vários aspectos. A principal temática do filme é o fato de Lena não saber, ao completar 16 anos, se será convocada para se tornar uma bruxa da luz ou das trevas. Além disso, uma maldição de família também está no meio, deixando a garota totalmente confusa. O desfecho disso é incrível!

Mas não quer dizer que a história acaba aí! “Dezesseis Luas” é o filme inspirado no primeiro livro de uma saga que tem mais três continuações: “Dezessete Luas”, “Dezoito Luas” e “Beautiful Redemption”, que ainda não tem título em português. O final desse filme deixa a gente já morrendooo de curiosidade para ver o que acontece depois!

E você, está empolgada para assistir “Dezesseis Luas”?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s