6 motivos por que você vai curtir o filme It – A Coisa

Acredite: It é engraçado e assustador (mas não no nível de que não dá pra dormir depois)

Se você é ligada no universo do cinema, já deve ter ouvido falar do filme It – A Coisa. A adaptação de um dos livros mais importantes de Stephen King ganhou um reboot que estreia nesta quinta-feira, 7/9, e promete levar muitos fãs de terror e suspense para as salas de cinema ao redor do Brasil.

A história acontece no final da década de 1980, em uma cidadezinha americana chamada Derry. É lá onde vive um grupo de crianças que atende como O Clube dos Perdedores. Após o desaparecimento de Georgie (Jackson Robert Scott), o irmão caçula do líder do grupo, eles decidem investigar o que pode ter acontecido – e descobrem que várias crianças já sumiram na cidade. O principal suspeito do sequestro dessa galera? O assustador e bizarro palhaço Pennywise (Bill Skarsgård).

Aqui, a gente conta por que esse é um dos filmes mais esperados do ano – e você deveria assitir!

É ASSUSTADOR NA MEDIDA CERTA…

Quem vê o trailer de It acha que não vai nem conseguir abrir os olhos no cinema de tanto medo, mas a verdade é que o filme não é tãaao assustador assim – pelo menos no quesito terror. As cenas em que Pennywise aparece são, sim, bizarras e cheias de susto, mas é que as crianças do Clube dos Perdedores passam por tanta coisa que o palhaço dançante parece fichinha para elas. Quer tensão? Prepare-se para ver os jovens passando por casos como pedofilia e racismo. Essas cenas, sim, são aterrorizantes!

IT-palhaco-pennywise-baloes-vermelhos

Você quer medo, @? Então espere encontrar o palhaço Pennywise, de It – A Coisa (Warner Bros./Reprodução)

…E MUITO ENGRAÇADO!

O equilíbrio entre terror e comédia também colabora para cortar o clima tenso do filme! É sério, vai ser impossível não dar altas risadas com as provocações que acontecem entre os membros do Clube dos Perdedores. O destaque fica para Richie, personagem de Finn Wolfhard (o Mike de Stranger Things), que fica fazendo várias piadinhas sexuais com seus colegas – e a gente se sente na terceira série dando risada de tudo o que ele diz. A guerra de pedras também é divertida de tão aleatória.

finn-wolfhard-it-a-coisa

Finn Wolfhard é o mais divertido em It – A Coisa (Warner Bros./Divulgação)

LEMBRA STRANGER THINGS

Um garoto com cabelinho de tigela desaparece, os colegas meio ~losers~ se unem para tentar encontrá-lo, uma garota misteriosa surge para ajudá-los, eles andam de bicicleta pela pequena cidade cheia de bosques… Poderíamos estar descrevendo Stranger Things, mas na verdade estamos falando de It. Mas calma, antes que você ache que o filme é uma cópia da série da Netflix, a gente explica a semelhança. É que Stranger Things faz referências a vários filmes dos anos 80 e 90 e, como a gente contou lá em cima, esse é um reboot de um longa para a TV de 1990, chamado It – Uma Obra-Prima do Medo. Ou seja, eles são parecidos de propósito!

it-a-coisa-cena-telão

O Clube dos Perdedores, de It – A Coisa (Warner Bros./Divulgação)

AS ATUAÇÕES SÃO INCRÍVEIS

A gente já disse que Finn Wolfhard está ótimo como um dos membros do Clube dos Perdedores, mas as outras crianças também arrasam na atuação. Jaeden Lieberher, o protagonista, quase nos convence que é gago de verdade com seu Bill. Já Sophia Lillis segura cenas pesadas com veracidade. Agora, quem merece mesmo um prêmio é o sueco Bill Skarsgård, que dá vida a Pennywise. Irreconhecível por trás da maquiagem do palhaço, o ator, que é irmão de Alexander Skarsgård (de True Blood e Tarzan), arrepia com a voz e o sorriso ao mesmo tempo brincalhões e extremamente assustadores.

it-pennywise-palhaco

Bill Skarsgård está assustador na pele do palhaço dançante Pennywise, em It – A Coisa (Brooke Palmer/Warner Bros./Divulgação)

É GIRLPOWER

Beverly (Sophia Lillis), a única garota do Clube dos Perdidos, precisa enfrentar bullying dentro e fora da escola, com crianças (e adultos!) a chamando de vadia por causa de seu passado. Isso sem contar a barra que ela segura dentro da própria casa. Mas nada disso a impede de ser quem é de verdade e de ir atrás daquilo que acredita. Ela, aliás, não corre como os garotos quando fica frente à frente com Pennywise. Corajosa, né, mores?

beverly-it-a-coisa

Beverly traz uma pegada girlpower para It – A Coisa (Brooke Palmer/Warner Bros./Divulgação)

A MENSAGEM FINAL É LINDA

Já deu para sacar que It é muito mais complexo do que um simples filme de terror, né? E, ao contrário daqueles longas com pessoas possuídas por demônios, você sai do cinema se sentindo leve. É que podem até rolar cenas assustadoras, mas a mensagem por trás do filme é a de que, com amigos verdadeiros, é possível vencer (quase) tudo.

garotos-fosso-it-a-coisa

A amizade do Clube dos Perdidos, em It – A Coisa, é linda de se ver (Brooke Palmer/Warner Bros./Divulgação)

Você quer flutuar também, @?

(GIF/Reprodução)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s