5 razões por que você vai amar a versão live-action de Mogli

O filme estreia nesta quinta-feira (14)

Demorou, mas finalmente aconteceu! Mogli: O Menino Lobo ganhou uma versão live-action que estreia nesta quinta (14). Há alguns anos, a Disney vem relançando suas animações clássicas com atores de carne e osso e essa foi a primeira vez que ela acertou de vez! A novo filme sobre o menino indiano que cresceu na selva não deixa nada a desejar para a versão de 1967 do estúdio. Quer ver por que você vair curtir?

1. ANIMAIS INCRÍVEIS

Assim que foi divulgado que Mogli ganharia uma versão live-action, parte dos fãs da animação ficaram céticos. Afinal, como fazer com que animais pareçam reais e falem com humanos sem ficar tosco? A resposta está no filme de Jon Favreau (que também dirigiu Zathura e Homem de Ferro). Por meses, a equipe de efeitos visuais observou a maneira como diversos animais se movimentavam e criou isso de maneira perfeita no computador. É sério! Você quase vai se esquecer que a pantera Bagheera ou o tigre Shere Kan não são reais.

2. O ELENCO

Imagina o desafio que deve ser ser o único ator de um filme. Agora pensa que esse ator é um menino de apenas 12 anos. Esse é Neel Sethi, o garotinho que interpreta Mogli. Fofinho, ele faz com que você queira ser seu amigo já no começo do longa. Neel trabalhou praticamente sozinho, já que os animais foram todos criados por computador. Visto isso, a interpretação dos personagens-bichos fica por conta da dublagem, também realizada por atores incríveis. Bill Murray dá voz ao urso Baloo, Scarlett Johannson é a sensual cobra Kaa, Lupita Nyong’o é a loba Raksha… Precisa dizer mais?

3. MUITO MISTÉRIO

Talvez você não saiba, mas Mogli foi inspirado na obra do século 19 O Livro da Selva, do escritor inglês Rudyard Kipling. Só que, quando a Disney fez a animação, em 1967, o lado mais misterioso do livro foi deixado de lado para dar lugar a cenas e canções mais divertidas. Agora, Jon Favreau traz de volta o ar um pouco mais assustador, dando uma nova vibe para o filme. Pode ser que rolem pesadelos com a cobra Kaa ou o gigantesco primata Rei Louie, viu?

4. A TRILHA SONORA
 
 
Como a Disney havia revelado que o filme não seria um musical, rolou um medinho de que as clássicas músicas da animação não entrassem na versão live-action. Mas pode respirar aliviada: as duas grandes canções de Mogli permanecem lá. O Rei do Iê-Iê-Iê ganha uma cara mais obscura na voz do Rei Louie. Já Somente o Necessário está igualzinha a que a gente conhece ❤ Mas é só.  Não tem a marcha dos elefantes e a faixa da cobra Kaa só aparece nos créditos. Necessário, somente o necessário…


5. A FLORESTA

Em Mogli: O Menino Lobo, a floresta é quase um personagem e tem um papel importante no filme, né? E ainda bem que a versão live-action conseguiu recriar um universo incrível nas telas. Assim como os animais, é difícil acreditar que o cenário foi criado praticamente todo no computador. Assista a versão 3D e você se sentirá dentro da selva, com todas aquelas árvores, os cipós e os raios de sol que passam pelas folhas.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s