10 referências que Taylor Swift fez em Look What You Made Me Do

Tem Katy Perry, Kanye West e Kim Kardashian... vem ver!

Na última sexta-feira (25/08), Taylor Swift lançou seu novo single, Look What You Made Me Do, o primeiro do seu 6º álbum de estúdio, Reputation, e causou uma euforia nos seus fãs 1- pelo lançamento de algo depois de 3 anos do 1989 e 2- pelos vaaários shades que estão na música.

Antes de começar a explicar cada um, vamos dar uma olhada na tradução completa da canção:

Eu não gosto dos seus joguinhos
Não gosto do seu palco pendido
Do papel que você me fez passar
De idiota
Não, eu não gosto de você

Eu não gosto do seu crime perfeito
De como você ri quando mente
Você disse que a arma era minha
Não é legal
Não, eu não gosto de você
Ooh

Mas eu fiquei mais esperta
Fiquei mais dura
Com o passar do tempo
Querido, eu me levantei dos mortos
Eu faço isso o tempo todo
Eu tenho uma lista de nomes
E o seu está em vermelho, sublinhado
Corrigir
Eu checo uma vez
Então checo duas

Ooh olha só o que você me fez fazer

Eu não gosto das chaves do seu reino
Elas já pertenceram a mim
Você me pediu um lugar para dormir
Me trancou pra fora
E deu um banquete (O quê?)

O mundo segue em frente
Outro dia
Outro drama drama
Mas não pra mim
Não pra mim
Tudo o que eu penso sobre é karma
E então o mundo segue em frente
Mas uma coisa é certa
Talvez eu tenha o meu
Mas vocês todos terão os seus

Mas eu fiquei mais esperta
Fiquei mais dura
Com o passar do tempo
Querido, eu me levantei dos mortos
Eu faço isso o tempo todo
Eu tenho uma lista de nomes
Corrigir
E o seu está em vermelho, sublinhado
Eu checo uma vez
Então checo duas

Ooh olha só o que você me fez fazer

Eu não confio em ninguém
E ninguém confia em mim
Corrigir
Eu serei a atriz
Estrelando em seus pesadelos

Sinto muito, mas a antiga Taylor
não pode atender o telefone agora
Por quê?
Oh, porque ela está morta.

No geral, a canção faz uma referência a todos que já tentaram “estragar” a imagem de Taylor ao longo dos anos: isso inclui a mídia, claro, mas também suas tretas com Katy Perry, Kanye West e Kim Kardashian. Quer ver?

1- A canção tem um sample de Operate, do Peaches.

LWYMMD teve a batida inspirada em duas músicas: Operate, do Peaches, e I’m Too Sexy, do Right Said Fred. Operate é a música usada durante a festa de Halloween de Meninas Malvadas.

Meninas Malvadas = Regina George. Quem lembra do tweet que Katy Perry fez logo após Taylor lançar Bad Blood em que dizia: “cuidado com a Regina George em pele de cordeiro”. Seria uma referência?

2- “Eu não gosto dos seus joguinhos. Não gosto do seu palco pendido”.

Uma das marcas registradas da última turnê de Kanye West era o palco pendido em que ele cantava durante um momento do show. Não precisa nem falar mais nada, né?

3- “Eu tenho uma lista de nomes. E o seu está em vermelho, sublinhado”

Mais uma referência a Meninas Malvadas e, consequentemente, Katy Perry. Regina George aparece no Livro do Arraso (Burn Book, em inglês) do filme. Como? Com letras vermelhas e sublinhas.

4- “Eu checo uma vez e depois checo duas”

Na sequência da lista, Taylor diz essa frase que pode não parecer tão grande a princípio, já que estamos pensando em Katy Perry, mas se voltarmos as referências a Kanye, faz muito sentido ela ter que checar seu nome duas vezes. Afinal, sua primeira treta com o rapper foi em 2009 no VMA e depois ela teve a segunda treta, no ano passado, com a música Famous, em que ele a citava de forma misógina.

2009 MTV Video Music Awards - Show Kanye e Taylor durante o VMA em 2009

Kanye e Taylor durante o VMA em 2009 (Twitter/Reprodução)

5- “Você me pediu um lugar para dormir. Me trancou pra fora. E deu um banquete”

Talvez a música já tivesse pronta quando Katy Perry começou a divulgar seu novo álbum, Witness, mas se não estivesse, “e deu um banquete” pode ser uma referência à Bon appétit, segundo single do álbum.

6- “O mundo segue em frente, outro dia, outro drama. Mas não pra mim, tudo o que eu penso sobre é karma”

“Honestamente, ela começou com isso e é hora dela acabar. Eu tentei falar com ela, mas ela não quis falar. Ela não me respondeu e depois escreveu uma música sobre sobre mim (Bad Blood). Eu pensei ‘tudo bem, legal, legal’. É assim que você quer lidar com isso? Karma!”, foi isso que Katy Perry disse na primeira vez que falou sobre a treta com a Taylor, durante o Carpool Karaoke este ano.

“Eu estou pronta para isso acabar, mas há a lei da causa e efeito. Você faz uma coisa e há uma reação e, acredite, há uma reação. É tudo sobre karma”, Katy continuou. Pelo jeito, karma é uma palavra que ela gosta, né?

7- “O mundo segue em frente, mas uma coisa é certa. Talvez eu tenha o meu, mas vocês todos terão os seus.”

A parte interessante dessa parte da letra é o “vocês todos”. A prova principal de que Taylor não está fazendo uma música direcionada a só uma das tretas e, sim, para todas.

8- “Sinto muito, mas a antiga Taylor não pode atender o telefone agora. Por quê? Oh, porque ela está morta.”

Essa frase pode ter duas referências. A primeira seria uma resposta às declarações de Katy que dizia ter tentado ligar para ela diversas vezes tentando resolver a intriga entre as duas. Faz sentido, mas não tanto quanto a segunda…

9- “Sinto muito, mas a antiga Taylor não pode atender o telefone agora. Por quê? Oh, porque ela está morta.”

“Eu acho que eu e Taylor ainda devíamos transar. Por quê? Eu fiz essa vadia famosa”, diz Kanye no trecho em que menciona Taylor em Famous. A montagem da frase é muito parecida, né?

10- As cobras

Além da cobra que Taylor usou para divulgar a nova era, o lyric vídeo de Look What You Made Me Do está cheio de cobrinhas. O animal foi o “apelido” que a cantora recebeu após Kim Kardashian vazar o áudio da conversa dela com o Kanye West sobre sua música Famous. Inclusive, a própria Kim fez um tweet com as cobrinhas no dias que vazou a conversa.

“Espera, hoje é o dia da cobra de verdade? Eles tem feriados para todo mundo, quer dizer, tudo esses dias”, escreveu Kim.

E aí, quais referências você acha que rolaram mesmo e quais são loucura da nossa mente?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s