Netflix: Emily em Paris foi a comédia mais vista em 2020. Veja ranking!

A série, que foi um sucesso, já começou as gravações da 2ª temporada

Por Vitória Macedo Atualizado em 3 Maio 2021, 19h27 - Publicado em 3 Maio 2021, 13h54

Que sucesso! A Netflix divulgou que Emily em Paris foi a série de comédia mais assistida no streaming em 2020. A produção desbancou alguns outros títulos, alcançando cerca de 58 milhões de telespectadores só nos primeiros 28 dias de sua estreia, em 2 de outubro. Veja o ranking divulgado pelo TVTIME.

13. Hollywood 

Hollywood acompanha um grupo de aspirantes a atores e cineastas em Hollywood após a Segunda Guerra Mundial, enquanto tentam chegar a Tinseltown – não importa o custo. Cada personagem oferece uma visão única por trás da cortina dourada da Era de Ouro de Hollywood, destacando os sistemas injustos e preconceitos de raça, gênero e sexualidade que continuam até hoje.

12. Warrior Nun

Warrior Nun gira em torno de uma jovem de 19 anos que acorda em um necrotério com um artefato divino alojado nas costas. Agora, ela faz parte de uma antiga ordem com a missão de combater demônios na Terra e é perseguida por forças poderosas do bem e do mal que tentam controlá-la.

11. Casamento às Cegas

Solteiros que querem ser amados por quem realmente são, e não pela aparência, aceitam conhecer a pessoa com quem poderão passar o resto da vida sem jamais tê-la visto antes. Sem as distrações do mundo lá fora, os solteiros conversam com uma sequência de potenciais candidatos e, quando surge uma conexão, propõem um encontro. Só então se veem pela primeira vez. Noivos e de volta ao mundo real, eles começam a planejar o casamento e vão descobrindo se conseguem transformar sua conexão emocional em física, antes do dia da cerimônia. 

10. Cursed – A Lenda do Lago

Nimue (Katherine Langford) é uma jovem heroína com o misterioso, mas trágico, poder de se transformar na Dama do Lago. Na companhia de Arthur, ela embarca em uma aventura à procura do mago Merlim e da espada sagrada.

9. Brincando com Fogo

Eles são jovens, lindos e solteiros. Vindos de diversas partes do mundo, dez homens e mulheres se encontrarão em um paraíso tropical para o que promete ser o mais exótico – e erótico – verão que já viveram. Mas há um grande senão para essa galera avessa a compromisso e doida por sexo casual. Para embolsar o prêmio de US$ 100 mil, será preciso dizer não à pegação por toda a temporada. Nada de beijos, agarros ou qualquer forma de autossatisfação. A cada escorregada, o valor do prêmio diminui. 

8. Expresso do Amanhã

Um grupo de pesquisadores cria um experimento capaz de pôr fim à ameça do aquecimento global, mas seus planos não saem como o planejado e eles acabam eliminando quase toda a vida da Terra, que, por sua vez, transforma-se em um deserto de gelo. Os únicos sobreviventes vagam pelo planeta a bordo de um trem chamado Snowpiercer, mas nem todos estão conformados com a situação. Com isso, uma revolução está prestes a eclodir.

7. Ratched

Ratched se passa em 1947, enquanto a jovem Mildred Ratched (Sarah Paulson) inciava sua carreira profissional no sistema de saúde mental. No entanto, com o decorrer dos anos ela passou de uma simples enfermeira para um verdadeiro monstro, realizando uma série de assassinatos. Com um exterior impecável, Mildred se mostra uma crueldade latente por dentro. 

6. I’m Not Okay With This

Syd lida com as turbulências do ensino médio, um drama familiar e um crush não correspondido pela sua melhor amiga enquanto tenta controlar seus crescentes superpoderes.

Continua após a publicidade

5. O Gambito da Rainha

A história acompanha a trajetória de Beth Harmon (Anya Taylor-Joy), uma jovem abandonada em um orfanato do Kentucky no final dos anos 1950. Ela descobre que tem muito talento para o xadrez, mas fica viciada nos calmantes oferecidos pelo Estado para tranquilizar os órfãos. Atormentada pelos próprios demônios, alimentados por um coquetel de remédios e obsessões, Beth começa a chamar a atenção com suas habilidades e decide superar as barreiras do mundo masculino das competições de xadrez. 

4. Outer Banks

Em uma ilha onde há pobres e ricos, o jovem John B convoca os três melhores amigos para procurarem por um tesouro lendário ligado ao desaparecimento de seu pai.

3. Eu Nunca…

Eu Nunca… retrata a vida moderna e complicada de Devi (Maitreyi Ramakrishnan), uma adolescente americana, filha de indianos e aluna nada popular na escola. A série é inspirada em momentos reais da infância da atriz e comediante Mindy Kaling.

2.Locke & Key

Após o assassinato do pai, três irmãos se mudam com a mãe para uma casa antiga onde descobrem chaves mágicas que revelam poderes e segredos.

1. Emily em Paris

Emily é uma jovem executiva de Chicago que consegue o emprego dos sonhos em Paris. Lá, além de trabalhar com estratégia de mídias sociais para o segmento de luxo, ela conhecerá todo o charme da vida francesa e viverá os altos e baixos das amizades e romances. 

Para a alegria dos fãs, as gravações da 2ª temporada de Emily Em Paris já estão a todo vapor, como mostrou o elenco da série da Netflix nesta segunda-feira (03/5), nas redes sociais. Era tudo o que nós queríamos!

  • O vídeo publicado nas redes sociais da série mostra Lily Collins, Ashely Park, Lucas Bravo e outros atores do elenco animados com a volta das gravações. “Estamos de volta”, disseram eles. Prepare o francês, pois ainda vamos ter muitos passeios por Paris vindo aí. “Bonjour de Paris (e talvez de algumas outras áreas da França)”, diz a legenda. 

    View this post on Instagram

    A post shared by Emily In Paris (@emilyinparis)

    Já no Twitter, a Netflix compartilhou a novidade com foto da 1ª temporada de Emily em Paris, com a Lily sorridente em uma mesa. Afinal, como bem pontuou o streaming, Emily nunca repetiria um look. 

    Não temos uma data de estreia da 2ª temporada de Emily em Paris definida, mas tudo indica que em breve os novos episódios da série que conquistou nossos corações serão lançados. Enquanto isso, a gente maratona a série de novo e aguarda ansiosamente por mais novidades. 

    E aí, animada?

    Continua após a publicidade
    Publicidade