Livinho comenta caso de agressão: “Não se espelhem nessa atitude”

O cantor agarrou um rapaz pelo pescoço durante um show no Rio de Janeiro

Por Da Redação Atualizado em 20 dez 2017, 15h44 - Publicado em 20 dez 2017, 15h35

No último fim de semana, o MC Livinho agrediu um rapaz que estava na plateia de um show seu no Rio de Janeiro. Na ocasião, uma festa de formatura, o funkeiro teria sido chamado de “m*rda” e reagiu de forma violenta. Ele desceu do palco e agarrou o pescoço de quem o xingou.

https://www.instagram.com/p/Bc2juMlnyNN/

Dias depois do ocorrido, o funkeiro usou o Instagram para se desculpar sobre a agressão. Na última terça-feira (19/12), Livinho relatou que o homem agredido também fez ofensas racistas. “Quando eu fui lá em baixo tirar satisfação com ele, ele continuou me chamando de ‘m*rda’ e ‘macaco’… Aí ninguém tem sangue de barata, né?”, disse. Mas o cantor ainda pediu para que os fãs não se espelhem nessa atitude.

Confira o vídeo:

https://www.instagram.com/p/Bc60U2JDiYA/?tagged=mclivinho

Estou vendo as pessoas falando para mim: ‘gostei da sua atitude lá no show, de ter batido no cara que falou merda’. Eu, agora com a cabeça mais tranquila, vejo que não foi certo, sabe? E eu cheguei naquele ponto porque foi o extremo. Desde o começo show, o cara tava me tirando. Aí quando fui tirar uma satisfação com ele lá embaixo, perguntar o que ele tinha contra mim, o cara me chamou novamente de ‘m*rda’ e ‘macaco’. Aí, ninguém tem sangue de barata. Mas não foi certa a minha atitude. Espero que os fãs não se espelhem nessa atitude. Todo mundo tem seus picos altos de raiva, todo mundo chega ao seu limite, assim como eu cheguei no meu. Mas vamos tentar pensar antes de agir.

Divulgação/CAPRICHO
Continua após a publicidade

Publicidade