Lady Gaga chora ao fazer discurso pelas vítimas de ataque em Orlando

A cantora ficou muito emocionada ao falar sobre as vítimas, mortas por um atirador dentro de uma boate LGBT

Por Lorena Tabosa Fotos: Reprodução - Atualizado em 24 ago 2016, 12h42 - Publicado em 14 jun 2016, 12h40
No último domingo (12), acordamos com mais uma notícia triste: um ataque a uma boate LGBT em Orlando, nos Estados Unidos. Um atirador, identificado como Omar Saddiqui Mateen, fez mais de cem disparos dentro do local, matando 49 pessoas e deixando dezenas de feridos. Esse foi o pior atentado já registrado no país, ficando atrás apenas do ataque terrorista de 11 de setembro de 2001.
 
Vários famosos demonstraram sua tristeza e solidariedade nas redes sociais. A cantora Lady Gaga ficou bastante abalada com a tragédia. Na segunda-feira (13), ela participou de um ato em homenagem às vítimas. 
 
//instagram.com/p/BGn9KD_JFE9/embed/
 
Sem conter as lágrimas, Lady Gaga discursou e disse que não iria permitir que sua revolta contra o ataque ofuscasse a necessidade de honrar a memória das vítimas. 
 
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=llgMIooJnFs?rel=0%5D
 
“Eu não posso evitar sentir que esse nível de ódio, como em todos os crimes de preconceito, é um ataque à própria humanidade. É um ataque a todos. Esta noite, eu humildemente me junto a vocês, como um ser humano, em paz e sinceridade, com compromisso e solidariedade, para tomar um tempo e sentir o luto pela trágica perda de pessoas inocentes e lindas”, disse a cantora. “Esta noite, Orlando, nós estamos com vocês. E nós estamos aqui para lembrar”, ela completou.
 
 
 
A cantora também usou as redes sociais para falar o que pensa sobre discursos de ódio e preconceito. “Ignore as vozes que ameaçam nos dividir, isso apenas leva a mais violência entre as pessoas. Devemos nos unir como humanos, onde somos todos os mesmos”, escreveu ela no Twitter. Já no Instagram, Gaga disse: “Podemos sempre contar com as dores uns dos outros para nos lembrarmos o que é a força”.
 
//instagram.com/p/BGn-FejpFGm/embed/
 
Em outra legenda, a Mother Monster revelou o seguinte: “Eu vi medo e tristeza nos rostos de muitos, mas senti conforto sabendo que há milhões pelo mundo que não fazem parte da comunidade LGBT, mas fazem parte da comunidade hétero e estão tão comovidos com essa tragédia. Vocês não estão sozinhos“.
 
Nós concordamos com você, Gaga. Vamos seguir todos juntos? #PrayForOrlando
 
+ 9 vezes que Lady Gaga foi destruidora em seus discursos
Publicidade