Jennifer Lawrence escreve artigo sobre sexismo em Hollywood e ganha apoio de Emma Watson

"Eu falhei como uma negociadora porque eu desisti cedo. Eu não queria parecer 'difícil' ou 'mimada'", disse a atriz

Por Gabriela Zocchi - Atualizado em 17 ago 2016, 17h30 - Publicado em 22 out 2015, 13h50

Jennifer Lawrence mostrou mais uma vez que sabe muito bem como fazer discursos lacradores. Na tarde de terça-feira (13/10), a atriz publicou um artigo entitulado Por que eu ganho menos que colegas homens? na newsletter feminista Lenny, organizada por Lena Dunham e Jenni Konner, atriz e coprodutora da série Girls .

No texto, JLaw fala pela primeira vez sobre como se sentiu após os vazamentos de emails da Sony, que revelaram que o salário da atriz era menor do que seus três colegas de elenco no filme Trapaça, que, olha só, eram homens.

“Quando o vazamento da Sony aconteceu e eu descobri o quanto menos eu estava sendo paga do que as pessoas sortudas que têm pênis, eu não fiquei brava com a Sony. Fiquei brava comigo mesma. Eu falhei como uma negociadora porque eu desisti cedo. Eu não queria continuar lutando por causa de milhões de dólares que, francamente, graças a duas franquias, eu não preciso”, escreveu a atriz.

“Mas para ser honesta comigo mesma, eu estaria mentindo se eu não dissesse que o fato de querer ser gostada não influenciou na minha decisão ao fechar um acordo sem uma luta de verdade . Eu não queria parecer ‘difícil’ ou ‘mimada’. Naquele momento, aquilo me pareceu uma boa ideia, até que eu vi a folha de pagamentos na internet e percebi que nenhum homem com quem eu trabalho se preocupa em parecer ‘difícil’ ou ‘mimado’”, disse.

Continua após a publicidade

Eu estou cansada de procurar um jeito de dizer minha opinião de maneira ‘adorável’ e ainda ser simpática. Fod*-se isso!”, completou JLaw.

Assim que leu a notícia, Emma Watson correu para o Twitter para elogiar a colega. “Oh, Jennifer Lawrence. Eu te amo”, escreveu a futura Bela, que ainda compartilhou um trecho do texto de Jennifer.

Continua após a publicidade

Bradley Cooper , que já atuou com JLaw em três filmes – inclusive em Trapaça – apoiou a amiga em entrevista ao Entertainment Tonight . “Há um duplo padrão no mundo todo, sim, com certeza. Esse é apenas um aspecto. Sempre há, em algum lugar, uma voz pode surgir e ser ouvida – isso é algo que Sienna (Miller) ou Jennifer (Lawrence) fizeram – e isso é ótimo! Acho que elas estão fazendo a diferença”, disse. Sienna Miller , que também já trabalhou com Bradley, chegou a recusar participar de uma peça depois que descobriu que seu colega homem ganharia mais do que ela.

É isso aí, garotas!

Publicidade