DEMI, de Demi Lovato. Por Fernanda Catania, editora da CAPRICHO

O álbum da cantora tem o poder de deixar qualquer garota mais forte e feliz. Girlpower!

Por Fernanda Catania Atualizado em 17 ago 2016, 12h25 - Publicado em 9 nov 2013, 13h50

Além de eu ser fã de Demi Lovato e adorar as suas músicas, o último álbum, DEMI , tem um significado muito especial para mim. É que eu pude escutar o disco em primeira mão, antes da estreia, em Los Angeles. No dia seguinte, eu teria uma entrevista com a cantora! Naquele dia, eu não conseguir dormir e passei a madrugada inteira ouvindo as novas músicas.

De cara, me apaixonei por Made in the USA . A música tem uma batida muito gostosa, um refrão que não sai da cabeça e a letra fala de amor de um jeito bem altoastral! Imagina quando a cantora me contou, durante a entrevista, que aquele seria o próximo single? Eu surtei, mas guardei o segredo até sair o clipe da música, que é ainda mais incrível! Veja abaixo:

Sou tão viciada no quarto álbum da cantora que todo dia tenho uma favorita nova. Agora é Really Don’t Care , com a Cher Lloyd. É tipo uma versão feminina de um hit do One Direction! Meu sonho é que fosse o próximo single, depois de Neon Lights , atual hit de trabalho de Demi.

Toda garota consegue se identificar com as letras do CD. Fire Starter , por exemplo, tem o poder de fazer a gente se sentir ainda mais bonita! Ao ouvir Should’nt Come Back , dá vontade de mandar a letra inteira para aquele garoto que te fez sofrer! E Warrior é a Skyscraper do álbum – a letra chega a dar arrepios!

É impossível não se sentir mais forte e feliz depois de ouvir o álbum. Obrigada, mais uma vez, Demi.

Neon Lights

Heart Attack

Warrior

Continua após a publicidade

Publicidade