Caio Castro sente falta de uma namorada

Em entrevista exclusiva, o ator, capa da Edição 1048 da CAPRICHO, fala sobre beijos, amores e relacionamentos

Por Da Redação - Atualizado em 25 ago 2016, 00h00 - Publicado em 17 dez 2015, 19h15

Olha que presentão que acaba de chegar nas bancas! A edição 1048 da revista CAPRICHO traz o ator que tem cachinhos de anjo, cara de moleque, sorriso conquistador e um talento simplesmente incrível.

Caio Castro, que vive o Bruno, em Malhação, conquistou meninas de todo o Brasil após vencer o concurso Casal Malhação, realizado pelo programa Caldeirão do Hulk, no ano passado. O mais impressionante? O cara nunca havia atuado antes.

O paulistano sensação da TV contou para a revista que é um apaixonado por surf e que não dispensa uma boa praia. Vire e mexe está no litoral de São Paulo, pegando onda e se divertindo com os amigos.

Paquerar? Claro que sim! “Rola de a menina só chegar porque sou famoso, mas fica muito na cara quando ela só te quer por troféu. Eu vejo pelo papo, é natural”, diz.

Continua após a publicidade

Enquanto conversava com nossas repórteres, o ator também disse que sempre ficou com quem quis (aliás, alguém recusaria um carinho desse fofo?), mas aproveitou para falar que está doido para¿namorar sério.

“Não tenho tempo para nada. Estou muito focado no trabalho. Mas sinto falta da troca de carinho, de uma pessoa especial”, conta.

Confira uma galeria de fotos com 30 imagens do ator pra deixar qualquer uma babando .

Continua após a publicidade

Nos tempos de escola, Caio disse que era muito feio. “Pintava o cabelo de roxo, rosa, azul, laranja. Já tive cabelo raspado com franja, e pintava a franja de loiro com tinta de canetinha na água quente. Já tive o cabelo no meio das costas. Fazia isso para tirar onda, não era punk nem era emo. Eu era muito feio, bizarro!”, contou, rindo do passado.

Para o ensaio da nossa capa, Caio atrasou meia hora. De gorro e com cara de sono, o ator vestiu uma calça skinny feita especialmente para ele (ele nunca havia usado, mas disse que adorou!) e nos deixou o fotografar de tudo quanto é jeito.

Se eu fosse você, correria para as bancas e compraria a sua!

Publicidade