BBB22: 4 motivos para Paulo André ser o campeão da edição

Atleta disputa o prêmio de R$ 1,5 milhão contra Arthur Aguiar e Douglas Silva

Por Vand Vieira 25 abr 2022, 13h04

Em breve, o grande vencedor do BBB22 será anunciado por Tadeu Schmidt e, no momento, a única certeza que temos é a de que o programa não está ganho. Isso porque, embora Arthur Aguiar ainda seja considerado o favorito do público, uma oposição se formou e Paulo André Camilo cresceu muito no jogo nas últimas semanas. Aqui, listamos o que há por trás desse boom de popularidade e por que o atleta merece, sim, ser o próximo milionário do BR:

1. Evitar mais participantes ensaiados e vitimistas no BBB23

Dar a vitória para Arthur é validar que criar um roteiro baseado na trajetória de outros participantes (saudades, Babu e Juliette!) em vez de ser 100% espontâneo compensa. P.A., por outro lado, entrou “cru” no reality show e foi genuíno em todas as relações e atitudes, sem ficar pensando sempre no que o público acharia ou não.

2. Coroar alguém realmente inspirador

Investir no atletismo ou outros esportes no “País do Futebol”, não desistir e ainda acumular muitas conquistas em relativamente pouco tempo é motivo de sobra para ter a nossa admiração. Mas P.A. ainda arriscou a bolsa que recebe do Estado e seus patrocínios ao dar uma pausa na carreira para participar de algo como o Big Brother Brasil. Arthur e Douglas Silva, por já trabalharem no meio artístico, fizeram uma aposta mais segura, com muitas chances de render bons acordos profissionais (pela visibilidade e por se tratar de uma atração da Globo).

3. Exaltar um amigo para todas as horas

Além de ser supercarinhoso e fiel, vimos que o atleta muitas vezes coloca as necessidades do outro à frente das dele e ficou genuinamente feliz por todas as conquistas de DG, Scooby, Gustavo e do próprio Arthur. Tem um coração que não é medalha, mas é de ouro!

4. Não dar o gostinho da vitória para Maíra Cardi

O comportamento da life coach ao longo dos últimos três meses daria uma looonga matéria à parte. De tretas desnecessárias com administradores e apoiadores de outras torcidas a estratégias apelativas, passando por um “senso de humor” no mínimo duvidoso, a ~Dona da Padaria~ não deu um minuto de paz desde o começo da temporada. Vamos mesmo deixá-la sair por cima?

Continua após a publicidade

Publicidade