Após polêmica, Ariana Grande revela por que cancelou performance no Grammy

A cantora abriu o jogo sobre o desentendimento que teve com um dos produtores da premiação

Por Gabriela Zocchi Atualizado em 8 fev 2019, 18h33 - Publicado em 8 fev 2019, 18h30

Ariana Grande não é de levar desaforo para casa e, nesta quinta-feira (7), decidiu finalmente abrir o jogo sobre as polêmicas envolvendo o cancelamento de sua participação no Grammy 2019. De acordo com a Variety, a cantora, que havia sido convidada para se apresentar na premiação, decidiu não ir mais ao evento depois de uma briga com os produtores do show.

ariana-grande-billboard-women-of-the-year
Reprodução/YouTube

Acontece que, segundo os rumores, ela teria concordado em fazer a performance ao som de 7 Rings, seu último single, mas depois os caras não queriam mais que ela tocasse a música na premiação. Eles então aceitaram que a faixa aparecesse somente dentro de um medley, mas queriam eles mesmos escolher as outras músicas que seriam cantadas. Ari aparentemente não gostou nadinha das imposições, já que só foram feitas a ela e não aos outros artistas, e decidiu cancelar sua apresentação.

Acontece que Ken Erhlich, um dos produtores do Grammy, deu uma entrevista à Associated Press falando que após um mês de negociações a cantora “sentiu que era tarde demais” para se preparar para uma performance no evento e desistiu da ideia.

Continua após a publicidade

Ela então ficou possessa com ele e foi soltar o verbo no Twitter. “Fiquei na minha, mas agora você está mentindo sobre mim. Posso preparar uma apresentação da noite para o dia e você sabe disso, Ken. Foi quando minha criatividade e minha expressão foram barradas por você que eu decidi não comparecer [ao Grammy]. Espero que o show seja exatamente o que você quer que seja e mais”, escreveu Ari.

Ela também contou o seu lado da história: “Ofereci três músicas diferentes. Trata-se de colaboração. De se sentir apoiada. É sobre arte e sinceridade. Não politicagem. Não favores ou jogos. É só um jogo, pessoal… E me desculpem, mas não é isso que a música representa para mim”, completou.

Ariana lançou seu quinto álbum, o thank u, next, nesta sexta-feira (7) e foi indicada ao Grammy por seu antecessor em duas categorias: Melhor Performance Pop Solo por God Is a Woman e Melhor Álbum Pop com Vocais por Sweetener.

Será que depois dessa treta ela vai ganhar algum prêmio?

Continua após a publicidade

Publicidade