“Os melhores shows que já fizemos foi no Brasil”, diz Simple Plan

Após quatro anos, banda volta ao Brasil em dezembro com nova turnê

Por Gabriela Zocchi - Atualizado em 27 out 2016, 13h20 - Publicado em 11 ago 2016, 20h00

Se você assistia MTV lá no começo dos anos 2000, com certeza se lembra do Simple Plan. A banda canadense estourou na cena pop rock/emo e fez o maior sucesso no Brasil, chegando a fazer shows em estádios lotados e até a se apresentar em uma festa no Big Brother! Haha. Há alguns meses, os meninos anunciaram que vão voltar ao país após quatro anos com uma turnê sul-americana, em dezembro.

Da esquerda para a direita: Chuck Comeau, Sebastien Lefebvre, Pierre Bouvier, Jeff Stinco e David Desrosiers (Foto: Reprodução/Instagram)
Da esquerda para a direita: Chuck Comeau, Sebastien Lefebvre, Pierre Bouvier, Jeff Stinco e David Desrosiers (Foto: Reprodução/Instagram)

A CAPRICHO conversou com o baterista da banda, Chuck Comeau, para saber qual é o sentimento antes da turnê chegar por aqui.

CH: A última vez que o Simple Plan esteve no Brasil foi quatro anos atrás. Você está animado de poder voltar?

CHUCK COMEAU: Com certeza! É um dos nossos lugares preferidos do mundo para tocar. Desde que nosso novo álbum (o Taking One For the Team) saiu, os fãs brasileiros pedem para fazermos uma turnê pelo país e agora estamos muito felizes de finalmente anunciar nossa volta. Eu amo o Brasil.

CH: Vocês já estiveram algumas vezes. Que memórias têm Brasil?

CHUCK: Tenho memórias incríveis daí. Alguns dos melhores shows que já fizemos foi no Brasil. Os fãs, as pessoas esperando por nós no aeroporto, no hotel… Os brasileiros são pessoas incríveis que amam música. O Brasil é um daqueles lugares que toda vez que vamos sabemos que vai ser muito especial e divertido. Estamos animados para voltar.

CH: Você já sabe o que vai fazer no seu tempo livre por aqui?

CHUCK: Amo golf e sei que existem uns campos muito bons por aí, então vou tentar fazer isso. E provar a comida local, tentar ver coisas novas que não vimos ainda. Quando você viaja em turnê com uma banda, não tem tempo de conhecer tudo, mas toda vez que volto a uma cidade, tento fazer pelo menos uma coisa que ainda não tenha feito.

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

CH: O que os fãs podem esperar dos shows por aqui?

CHUCK: Nossos shows são sempre uma festa. O legal de agora é que temos cinco álbuns, então o show virou algo como um especial “greatest hits” do Simple Plan, sabe? (risos) A gente toca algumas músicas antigas, outras novas, misturamos tudo, tentamos alguns covers… Tocamos juntos há muitos anos, a banda fica melhor a cada dia e acho que estamos melhores ao vivo do que éramos quando começamos.

CH: O álbum Taking One For the Team, lançado em fevereiro, traz algumas pitadas de pop, funk, até de reggae. Por que vocês decidiram fazer essa transição do pop rock para outros estilos musicais?

CHUCK: Acho que era hora de arriscar coisas novas. Nossa ideia era fazer um álbum que não fosse superprevisível ou que soasse exatamente da mesma forma que os outros. No fundo, este disco tem muitos elementos pop rock das músicas antigas do Simple Plan. Tem muita guitarra, muita bateria… Mas queríamos nos divertir e tentar surpreender nossos fãs e acho que alcançamos isso com esse disco.

Continua após a publicidade

CH: Você tem alguma música preferida para tocar ao vivo?

CHUCK: É sempre incrível quando tocamos Jump em um show. As pessoas ficam loucas e pulam muito, seja em um show pequeno ou em um festival gigante. Eu amo tocá-la. Também adoro tocar Perfect, que é uma das músicas mais icônicas que temos. Ela significa muito para muitas pessoas. Sempre que a tocamos, vemos a galera cantando, algumas pessoas chorando… É uma reação muito emotiva.

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

CH: O Simple Plan está na estrada há quase 17 anos e vocês mantiveram a formação original da banda, o que é um pouco raro. Qual é o segredo para continuar juntos por tantos anos?

CHUCK: Acho que o segredo é que somos amigos acima e antes de tudo acontecer. Nós crescemos juntos e a banda surgiu naturalmente. A gente não ficou tentando pegar os melhores músicos ou pessoas que parecessem descoladas para fazer parte da banda, sabe? O Simple Plan surgiu porque éramos amigos que queriam fazer um som juntos. Além disso, sempre estamos todos na mesma página. Ainda queremos que a banda cresça, ainda temos metas e sonhos como grupo. Se não concordamos com algo, sentamos e conversamos. A gente discute o assunto e não sai da sala até todos estarmos na mesma página de novo.

CH: Quer deixar uma mensagem para seus fãs brasileiros?

CHUCK: Obrigado (ele disse em português mesmo) por serem tão pacientes e por esperarem por nós todos estes anos. Obrigado pelo apoio, obrigado por sempre estarem aí para a gente. O Brasil é um lugar muito especial para esta banda. Espero ver todos vocês na turnê. Vai ser incrível!

Os ingressos para os shows do Simple Plan no Brasil já estão à venda no site da Tickets 4 Fun. Confira abaixo as datas e os locais dos shows de cada cidade:

São Paulo
Data: Quarta-feira, 07/12/2016
Local: Citibank Hall SP

Belo Horizonte
Data: Quinta-feira, 08/12/2016
Local: Music Hall

Rio de Janeiro
Data: Sexta-feira, 09/12/2016
Local: Circo Voador

Porto Alegre
Data: Domingo, 11/12/2016
Local: Bar Opinião

Continua após a publicidade
Publicidade