Pesquisa eleitoral: o que é, para que serve e porque é importante

As pesquisas são um raio-X da opinião pública em determinado momento, e são mais um importante instrumento democrático

Por Da Redação Atualizado em 10 jun 2022, 19h01 - Publicado em 10 jun 2022, 18h59
Elas vão muito além de só perguntar a intenção de voto para seus tios, pais, amigos ou irmãos em um ano eleitoral
Elas vão muito além de só perguntar a intenção de voto para seus tios, pais, amigos ou irmãos em um ano eleitoral Bárbara Marcantonio/CAPRICHO

O Brasil é um país gigantesco, com mais de 200 milhões de habitantes e, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quase 148 milhões de pessoas aptas a votar (é muita gente, concorda?).

E, sim, é praticamente impossível saber o que todo mundo pensa sobre as eleições e quais candidatos cada um vai escolher. É aí que entram as pesquisas. Elas funcionam como um recorte da opinião dos brasileiros sobre determinado assunto.

No 5ª vídeo do projeto editorial #CHnaEleição, a estagiária Bruna Nunes explica como as pesquisas funcionam e porque elas não preveem o futuro, mas sim, mostram um recorte da sociedade brasileira – e podem influenciar a corrida eleitoral.

Assista à nova edição do programa CH na Eleição:

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

A post shared by CAPRICHO (@capricho)

Você que acompanha a CAPRICHO já sabe porque política é importante, o que é o voto consciente e como ele pode te ajudar a escolher candidatos; e como usar as redes sociais para falar de política e o quanto seu repost pode, sim, eleger um presidente.

Mas nós sabemos: o público entre 16 e 24 anos apresenta a menor taxa de interesse pelas eleições, segundo o Instituto Datafolha. Apenas 31% dos entrevistados nessa faixa etária afirmaram ter “grande” interesse sobre o assunto. Essa é uma oportunidade de se conectar com o que está acontecendo no país. Vem com a gente!

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade