WhatsApp vai suspender conta dos que não aceitarem atualização obrigatória

O compartilhamento de dados com o Facebook é um dos novos termos de privacidade da empresa que entram em vigor no dia 8 de fevereiro

Por Gabriela Junqueira Atualizado em 8 jan 2021, 15h05 - Publicado em 8 jan 2021, 15h04
colecao capricho sestini mochila bolsas
CAPRICHO/Sestini/Divulgação

Uma mensagem do WhatsApp avisando sobre uma atualização que deve acontecer no dia 8 de fevereiro já começou a aparecer para usuários do aplicativo no Brasil. Na notificação, o serviço explica que vai alterar alguns de seus termos de serviço e de suas políticas de privacidade, principalmente relacionados ao processamento de dados. O WhatsApp ainda avisa que os usuários que não concordarem em compartilhar seus dados não conseguirão mais usar suas contas. 

WhatsApp vai excluir conta do usuário que não concordar com novos termos
Getty Images/Reprodução

A alteração permitirá que mais dados da pessoa sejam compartilhados “com as outras empresas do Facebook informações de registro de sua conta, dados de transações, dados relacionados ao serviço, informações sobre como você interage com outras pessoas [incluindo empresas] ao usar nossos Serviços, informações de dispositivo móvel e seu endereço de IP”, com o objetivo de unificar os dados entre as empresas da gigante de tecnologia. Segundo o Facebook, todas essas mudanças tem como propósito melhorar a experiência de seus produtos. De acordo com o site The Hacker News, a mudança não deve ser aplicada nos países da União Europeia que possuem uma legislação de proteção de dados mais forte.

Por enquanto, os usuários podem escolher a opção “agora não” quando a notificação sobre a atualização aparecer, entretanto, como a atualização é obrigatória, quem não aceitar até a data limite, não terá mais acesso ao aplicativo. Apesar da conta do usuário não ser apagada, ela fica indisponível até que a atualização seja aceita.

Polêmica, a atualização virou um dos assuntos mais comentados do Twitter:

O que você achou da atualização? Vai aceitar e continuar usando o aplicativo de mensagens?

Continua após a publicidade
Publicidade