Tio acusado de estuprar e engravidar menina de 10 anos é preso

Homem de 33 anos foi indiciado por ameaça e estupro de vulnerável

Por Da Redação Atualizado em 23 ago 2020, 11h11 - Publicado em 18 ago 2020, 13h46

Na madrugada desta terça-feira (18/8), o tio acusado de estuprar e engravidar a sobrinha de 10 anos, em São Mateus, no Espírito Santo, foi preso. O homem de 33 anos estava foragido desde o dia 12 de agosto e foi indiciado por ameaça e estupro de vulnerável.

A prisão aconteceu em Betim, Minas Gerais, onde o acusado estava escondido. De acordo com a Polícia Civil, o paradeiro dele foi encontrado por um trabalho de inteligência e, após contatá-lo, a rendição foi negociada. Ele está sendo encaminhando para um presídio da Região Metropolitana de Vitória. O homem já havia sido preso em 2011, quando foi condenado a 9 anos por tráfico de drogas e associação criminosa.

No dia 7/8, a menina de 10 anos foi a um hospital de São Mateus se queixando de dores abdominais. Após a realização de exames, a equipe médica constatou que ela estava grávida. A garota revelou que era estuprada pelo tio há quatro anos e que ele a ameaçava de morte para que não contasse sobre os abusos. Após autorização da Justiça, a criança realizou um aborto nesta segunda-feira (17/8), em Pernambuco.

Apesar da ordem judicial ter sido cumprida, a família da menor encontrou dificuldade na realização do procedimento na unidade de saúde de seu próprio estado e também precisou enfrentar protestos de fundamentalistas religiosos que tomaram a frente do hospital em que ela estava internada em Recife após a militante de ultradireita Sara Geromini, conhecida como Sara Winter, ter divulgado o nome da criança e o local.

De acordo com a equipe médica que cuidou do caso, a menina passa bem. Após ter alta, ela retornará ao Espírito Santo e receberá o auxílio de medidas protetivas para mantê-la em segurança e também para ajudá-la a superar o trauma.

Para denunciar um caso de abuso, disque 100. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, durante toda a semana.

Continua após a publicidade

Publicidade