SOS Sexo: “Como saber se eu estou com candidíase?”

Será que tem algum sintoma que você deve ficar atenta?

Por Amanda Oliveira Atualizado em 8 jan 2021, 14h57 - Publicado em 8 jan 2021, 17h02
colecao capricho sestini mochila bolsas
CAPRICHO/Sestini/Divulgação

Consultar um ginecologista com frequência é fundamental para todas as mulheres, mesmo que você não tenha nenhuma dúvida para tirar sobre a vida sexual ou métodos contraceptivos. Na verdade, tão importante quanto isso é fazer exames de rotina para garantir que está tudo bem e que você está saudável. É justamente por não realizar essas consultas regulares que muitas meninas desenvolvem doenças e não percebem os sintomas. É o caso da B.F., de 18 anos, que está com a seguinte dúvida: “como saber se eu estou com candidíase? Tem algum sintoma que preciso ficar atenta?”.

SOS Sexo:
Billie/Unsplash/Reprodução
  • Quem responde a dúvida é Mariana Maldonado, ginecologista especialista em sexualidade:

    “Os sintomas da inflamação vaginal pela cândida são bem clássicos, B.F.! Estamos falando de vermelhidão local, muita coceira e um corrimento de tom esbranquiçado e grosso, parecido com nata de leite. Ah! E nem sempre ele tem cheiro forte, viu? Mas tem um odor diferente do que você pode estar acostumada a sentir, como de alho. Esses são os sintomas mais comuns que você deve ficar atenta. Nesses casos, é muito importante procurar urgentemente um ginecologista o quanto antes para confirmar o diagnóstico e começar o tratamento. Se cuide!”

    Mande sua dúvida para capricho@abril.com.br e participe da seção S.O.S. Sexo!

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade