Pais são multados na Alemanha caso seus filhos faltem na escola

Xiii! Tem algum pai aí que estaria com a conta bancária no vermelho? (risos nervosos)

Por Isabella Otto - 22 Maio 2018, 10h48

Se você acha que a sua vida escolar é complicada, imagina a dos estudantes alemães que não podem faltar no colégio, pois, caso contrário, levam seus pais à falência? Tudo bem, vai. Na prática, as coisas não são assim tão rígidas e trágicas. Contanto que a falta do aluno seja notificada com antecedência, e por um motivo plausível, não há problema. Mas se a falta rolar em cima da hora e por pura preguiça, não tem jeito: alguns pais vão ter que mexer na conta bancária e pagar uma multa.

iStock/Golden Brown/Reprodução

De acordo com a Deutsche Welle, uma rede de televisão alemã, as férias de Verão já vêm causando com a vida de algumas famílias. A reportagem foi ao ar no canal no último domingo, 20. Segundo a matéria, a polícia da Alemanha multou vários pais só em maio por terem buscado seus filhos mais cedo na escola para já os levarem para viagens de férias. O bom tempo chegou e a galera aproveitou, né?

No país, a frequência escolar dos filhos, de 6 a 16 anos, é uma responsabilidade dos pais. A multa para faltas não regulamentadas pode chegar a R$ 4 mil, de acordo com a rede Bayerischer Rundfunk. O colégio ainda pode insistir na presença do aluno, mesmo que a isenção da presença tenha sido solicitada com antecedência.

Reprodução/Reprodução

É verdade, Chandler. Dá para acreditar? O controle de faltas é deixada à rigor de cada escola, assim como a análise dos pedidos de falta. Já pensou se a “moda” pega por aqui?

Reprodução/Reprodução

E aí, você já teria levado seus pais à falência ou não? HEU

Continua após a publicidade
Publicidade