O legado de Bolaños: 22 coisas que aprendemos com o Chespirito

A genialidade de Bolaños estava nas coisas mais simples.

Por Isabella Otto Atualizado em 17 ago 2016, 15h10 - Publicado em 29 nov 2014, 12h50

Algumas pessoas deveriam ser eternas. E por mais que a gente saiba que, no final, ninguém é imortal, parece que, lá no fundo, acreditamos que algumas pessoas vão viver para sempre. Esse era exatamente o caso de Roberto Gómez Bolaños, que faleceu na sexta-feira, 28, aos 85 anos, deixando um buraco enorme no coração de todos.

Mas a verdade é que, agora (~quem poderá nos defender?~), nós deveríamos tentar transformar toda a tristeza em agradecimento. Afinal, ele sempre nos fez rir, mesmo que já tivéssemos assistido ao episódio 80 vezes, e ele nos deixou um legado eterno, que mudou as nossas vidas. Aprendemos muitas coisas com ele e com as suas personagens históricas. Coisas que vão além desta simples lista que fizemos para homenagear o humorista.

1. Na dúvida, fala que foi sem querer, querendo.

2. Comer churros nunca é demais.

3. A avó do Seu Madruga sempre fazia alguma coisa muito genial.

4. Menos estresse, mais “tá bom, mas não se irrite”. 

5. Roupas velhas e remendadas também podem ser “mucho loucas”.

6. Você reclama muito da vida, quando, na verdade, só deveria agradecer por não morar em um barril.

Mesmo o Chavinho falando que morava no 8. Será?

7. Ou agradecer por ter muitos e muitos e muitos sanduíches de presunto para comer.

Zaz, zaz, zaz!

8. Dê uma maçã para aquela sua professora do primário, que te ensinou a ler. Mesmo que ela venha comida. O que vale é a intenção.

“Tá louca. Está onde México. Aqui sim desgosto. Oitenta e cinto. Li sucata onde e na alergia eu sentei.”

9. Nunca, jamais, sob hipótese alguma seja o último a falar durante uma confusão em sala de aula. Pode sobrar para você, se sair um “é tudo culpa do Mestre Linguiça”.

10. É preciso defender os amigos com unhas e dentes. Mesmo que seja do Homem da Roupa Velha.

11. Sempre pode ser melhor ir ver o filme do Pelé.

12. Valorize a família, os amigos, o pai, a mãe, porque tem crianças que, simplesmente, não sabem o que é isso.

13. Às vezes, as pessoas simplesmente não contam com a nossa astúcia.

Mas não acredite nelas.

Continua após a publicidade

14. Para que gastar dinheiro com as modernidades de Hollywood? Portas e tijolos de isopor funcionam tão bem quanto.

15. As pessoas se aproveitam da nossa nobreza.

16. Jamais encoste em uma pessoa que está levando um choque.

17. É melhor morrer do que perder a vida.

18. Você vai passar de ano. Acredite!

19. Tome cuidado com as portas giratórias.

20. Suco de tamarindo: nunca tomamos, mas sempre morremos de vontade.

21. É possível fazer humor puro, simples, inocente, sem agredir ninguém. 

22. Existem jovens de 85 anos, mas existem idosos que terão para sempre a inocência de uma criança.

Obrigada por absolutamente TUDO, Bolaños. 

 

Continua após a publicidade
Publicidade