12 meninas, que já estão fazendo história, para ficar de olho neste ano

Nomes do esporte, da música, da ciência e do ativismo que merecem ser acompanhados de perto

Por Isabella Otto Atualizado em 4 jan 2022, 18h20 - Publicado em 9 jan 2022, 10h01
Montagem de meninas que prometem bombar em 2022
Instagram/Reprodução

Elas têm 18 anos ou menos e prometem brilhar ainda mais em 2022, dando voz a milhares de outras garotas, lutando por seus direitos, empoderando e encantando o Brasil e o mundo:

1. Flor Gil, 13 anos

A neta de Gilberto Gil tem carisma e talento únicos, e promete ser uma voz marcante da música brasileira. Atualmente, o perfil nas redes sociais da adolescente é administrado pelos pais, que compartilham vídeos da filha cantando e momentos em família. Recentemente, ela até conseguiu gravar uma trend do TikTok com o Caetano Veloso! Flor também está na trilha sonora de Turma da Mônica: Lições, ao lado de Duda Beat.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Flor Gil (@florgildemasi)

Continua após a publicidade

2. Antônia Silveira, 15 anos

Filha do cantor Armandinho, Antonia tem uma veia artística muito forte e já começa a mostrar isso em vídeos que posta nas redes sociais. Aos poucos, a adolescente vai se soltando e encantando a todos com sua voz macia e seu jeito de cantar.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Antônia (@antoniavsilveira)

Continua após a publicidade

3. Courtney Hadwin, 17 anos

Bora de mais promessas musicais? Courtney foi revelada no The Voice Kids UK de 2017 e ficou conhecida como “a reencarnação da Janis Joplin”. Com uma voz potente e marcante, e um estilo único, mas com uma pitada de Billie Eilish, ela entrega demais!

4. Isabela Saldanha, 17 anos

Bora pro surf? Isinha, como é chamada, vem de uma família de surfistas e tem se destacado em algumas das principais competições brasileiras. Em 2021, ela sofreu um acidente, mas três meses depois já estava na água novamente, mostrando força, resiliência e muito amor pelo esporte!

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por ISINHA (@isabelasaldanha)

Continua após a publicidade

5. Sophia Medina, 16 anos

Também de uma família de surfistas, Sophia, em novembro, foi a campeã do Saquarema Surf Festival Roxy Pro e assumiu a liderança do ranking regional da América Latina. Promessa do próximo mundial, ela disse em entrevista para a CAPRICHO que é uma adolescente como outra qualquer e que se inspira no irmão, Gabriel Medina, mas que deseja ficar reconhecida pelas suas conquistas pessoais.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Sophia Medina (@sophiamedina)

Continua após a publicidade

6. Rayssa Leal, 13 anos

Todo mundo já conhece e é fã da fadinha, mas não tinha como deixá-la de fora na nossa lista! Afinal, com apenas 13 anos, ela já é medalhista olímpica e está apenas começando a sua carreira, que promete ser de muito sucesso!

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Rayssa Leal (@rayssalealsk8)

Continua após a publicidade

7. Isabelle Silverio, 17 anos

Negra e periférica, moradora de Guaianases, na Zona Leste de São Paulo, a modelo é uma das principais promessas de Anderson Baumgartner, empresário de Sasha, Carol Trentini e Alessandra Ambrosio. Em 2021, ela se apresentou no seu 1º São Paulo Fashion Week e fez história. “Desde pequena, sempre falei que seria como as mulheres que eu via na TV e nas revistas. Muitos não acreditavam, por conta da minha raça e por eu morar na periferia. Por isso, meu foco é mudar esse pensamento e mostrar que tudo é possível”, disse em entrevista ao jornal EXTRA.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Isabelle Silverio (@isabelle.silverio)

Continua após a publicidade

8. Laura Pigatin, 17 anos

Em 2017, a Laura foi uma das personagens do especial #betheCHange, da CAPRICHO. A jovem, natural do interior de São Paulo, sempre teve o sonho de ser jogadora de futebol e hoje está galgando passos cada vez mais largos em direção a este sonho, tendo sido escalada para a Seleção Brasileira de Futebol Feminino Sub-17.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Laurinha✌⚽ (@laurapigatin)

Continua após a publicidade

9. Gitanjali Rao, 15 anos

A cientista prodígio venceu em 2017 o prêmio Discovery Education 3M Young Scientist Challenge. Norte-americana com ascendência indiana, ela foi eleita a criança do ano de 2020 pela revista TIME, especialmente por ter lançado o Kindly, um aplicativo e uma extensão do Google Chrome capaz de detectar casos de cyberbullying em estágios iniciais com base em inteligência artificial. A Amy Farrah Fowler da vida real!

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Gitanjali Rao (@gitanjaliarao)

Continua após a publicidade

10. Sotooda Forotan, 15 anos

A adolescente foi reconhecida por Malala como sua sucessora, já que, desde que o Talibã recuperou o poder no Afeganistão, vem falado em nome de meninas que estão sendo proibidas de estudar. Ela também foi eleita pela revista Financial Times como uma das vozes femininas mais importante de 2021.

11. Sabrina Huni Kuin, 18 anos

Originária Hunikuī e fotógrafa nas horas vagas, Sabrina é natural do Acre e prestou o Enem pela 2ª vez em 2021. Ela sonha em se tornar a primeira mulher da família a ingressar em uma faculdade! Nas redes socias, ela dá voz ao seu povo, especialmente às mulheres da sua tribo, participando de marchas e pregando seu ativismo.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Bunkê Shãtxuany🏹 (@sabrina_hunikuin)

Continua após a publicidade

12. Mariah Nala, 15 anos

A carioca despontou após se apresentar na missa de 7º dia de Paulo Gustavo, de quem era próxima. Na ocasião, ela brilhou muito ao cantar as músicas Aleluia e Pretty Hurts, da Beyoncé. Com uma voz potente e um discurso empoderador, ela tem tudo para seguir os passos da IZA e brilhar pelos palcos do Brasil e do mundo.

Tem mais algum nome pra dividir com a gente? Deixa nos comentários! Boa exaltar esse monte de meninas maravilhosa que temos por aí – contando você que está lendo! <3

Continua após a publicidade

Publicidade