Líderes de torcida, prom, inglês… Como é estudar em uma escola americana no Brasil?

Por Da Redação - Atualizado em 17 ago 2016, 19h09 - Publicado em 19 Maio 2016, 12h21

Oi, gente! Tudo bem? Isa Bruder aqui!

Da última vez que eu passei pela TV CAPRICHO, algumas de vocês pediram para eu falar um pouco sobre o meu cotidiano na escola. “Mas… escola? Você vai falar sobre escola?”. Sim! Para quem não estava assistindo à TV no dia, eu estudo em uma escola americana, por isso surgiu o interesse. Por sermos tão imersos na cultura americana, fica a expectativa de esse colégio ser uma versão real de High School Musical ou algo do gênero. Haha! Infelizmente, não é assim. Na realidade, nem as escolas lá nos EUA são exatamente iguais às dos filmes, né? Enfim. Aqui estão algumas diferenças que eu acho mais marcantes entre a minha escola e as escolas brasileiras tradicionais:

1. Língua
Claro que uma das maiores diferenças é a língua! Todas as minhas aulas são em inglês, menos português e história brasileira (não faria sentido, né? Hahaha). Muitos dos nossos professores são americanos e canadenses, e todos são fluentes em inglês. É tanto inglês o dia inteiro que eu acabo pensando em inglês muitas vezes! Estranho? Estranho seria aprender álgebra ou trigonometria em português, minha gente!

2. Amigos internacionais
São Paulo é uma cidade muito rica culturalmente, e de certa forma minha escola reflete essa diversidade. Só dentro dela tem mais ou menos umas 40 nacionalidades. O melhor é que, como todos falam e estudam em inglês, conseguimos compartilhar e discutir temas culturais com pontos de vista do mundo inteiro. Realmente, é muito interessante discutir assuntos polêmicos na sala de aula com tantas culturas que, muitas vezes, têm visões diferentes – essas oportunidades abriram meus olhos e me ensinaram a ter uma mente bem mais aberta.

escola-americana-1

3. Horário
Estudamos em período integral, das 8:10 da manhã às 3:10 da tarde. Porque 8:10 e não 8:00? Não sei, mas a cultura americana é extremamente pontual. Então, é melhor você estar sentado na sua carteira 8:09! =P

4. Currículo
Quando eu me formar, vou ter 3 diplomas, porque estou participando de aulas requeridas pelo diploma de high school americano, do ensino médio brasileiro e do IB, o International Baccalaureate. Parece legal, mas é preciso ter muuuito pique!

5. Férias e feriados
Nós seguimos os feriados brasileiros e americanos, ou seja, a administração decide quais feriados vamos seguir – afinal, não dá pra seguir todos, senão teria mais feriados do que aula. Então, curtimos um pouquinhos dos feriados obrigatórios do Brasil e um pouquinho dos tradicionais feriados americanos.

Mas, Isa, tem aquelas festas de formatura lindas e jogos de futebol americano? Sim e não! O  baile, que chamamos de prom, acontece no fim de cada ano letivo, e alunos do 11th e 12th grade (equivalentes ao segundo e terceiro colegial) podem ir. Ele não é visto como tão importante quanto lá nos EUA, mas não deixa de contar, galera! <3 Quanto aos jogos de futebol Americano, damos aquele jeitinho brasileiros. Haha! Temos times de futebol, futsal, vôlei e basquete que competem assim como em muitos filmes. Temos líderes de torcida também, a diferença é que elas não competem e não existe esse complexo de popularidade associado a elas – pelo menos, no nosso ensino médio, acho que as pessoas desencanaram disso. Ainda bem!

Continua após a publicidade

escola-americana-2

Minha escola não é, de forma alguma, ideal ou a escola “dos sonhos”. Essa impressão equivocada é muito comum, porque, na minha opinião, alguns brasileiros acham que os Estados Unidos são quase perfeitos. Também não é assim, gente! Por ter nascido lá e estudar na minha escola, eu tenho muito contato com esse país; estudo a história dele na sala de aula e conheço sua atualidade. Posso te prometer que lá tem muitas coisas erradas também! Todos os países acertam em algumas coisas e erram em outras – na maioria das vezes, a diferença entre os EUA e o Brasil é extremamente exagerada.

Sim, é legal estudar na minha escola e ter contato com tudo isso, mas os momentos de estresse são tão grandes quanto eu imagino que seja em todas as outras escolas. No final, todos nós temos que passar por essa fase de qualquer jeito! Então, força aí! Estou mandando energias boas para todo mundo em semana de prova ou estudando em geral. Estamos juntos! <3

Qualquer dúvida que vocês tiverem, é só me chamar no Instagram ou deixar um comentário no meu canal.

Continua após a publicidade

Beijos e até a próxima,
Isa Bruder

 

Publicidade