Garota fica presa na casa do date, em 1º encontro, após novo lockdown

A jovem precisou ficar quase uma semana morando com o cara que tinha acabado de conhecer

Por Isabella Otto 13 jan 2022, 13h04

Era só para ser mais um dos vários encontros que estava tendo, muito por pressão familiar, mas Wang acabou “ilhada” na casa do pretendente durante o 1º date por causa de um abrupto novo lockdown decretado em Zhengzhou, no leste da China, devido à pandemia de coronavírus.

Print de uma entrevista dada por Wang para um canal de televisão
Reprodução/Reprodução

Moradora de Guangzhou, ela estava na cidade visitando a família e, por causa do fechamento, teve que ficar hospedada na casa do homem e não pôde nem retornar para o lar dos pais, uma vez que a China tem uma tolerância zero com “furadores de quarentena”.

Wang contou o caso no WeChat, uma espécie de Twitter permitido no país, que viralizou e ela acabou sendo procurada pela imprensa local para falar sobre a história. Ela disse que não foi um 1º encontro ideal, obviamente, mas que o pretendente, que já foi descartado de sua lista, cozinhava muito bem e fez comida para ela todos os dias. Só que ela disse também que o rapaz não era muito de falar, o que foi bem aflitivo.

 

Não sabe-se ao certo quanto tempo Wang ficou de quarentena na casa do homem, mas fala-se que a “hospedagem forçada” durou mais ou menos uma semana.

A vida de solteiro não está mesmo fácil, hein? (risos nervosos)

gif do roberto carlos dizendo que
Tenor/Reprodução
Continua após a publicidade

Publicidade