Foto de Júpiter feita por cientistas é a mais nítida de todos os tempos

As zonas de calor ficaram mais visíveis que nunca nesta imagem infravermelha terrivelmente linda!

Por Isabella Otto - Atualizado em 11 Maio 2020, 18h40 - Publicado em 11 Maio 2020, 15h02
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

O Gemini Observatory, localizado no Havaí, nos Estados Unidos, divulgou uma imagem de Júpiter considerada a de maior qualidade da história da astronomia! Usando como base um estudo desenvolvido por cientistas da Universidade da Califórnia, os astrônomos produziram uma imagem infravermelha do planeta, mostrando com nitidez suas zonas de calor.

Esta foto foi tirada pelo Telescópio Espacial Hubble e é como, até então, conhecíamos Júpiter NASA/ESA/A.Simon/Divulgação

As fotos foram captadas pelo telescópio Gemini North e sobrepostas usando a técnica de alta resolução “lucky imaging”, que consiste no desenvolvimento de uma imagem final usando o mosaico de outras obtidas através de exposições ultrarrápidas, o que diminui os efeitos das turbulências na atmosfera.

 

Essas nuvens visíveis, que parecem chamas, são campos de gás compostos por amônia e sulfeto de hidrogênio. Além disso, sabe-se que a composição do planeta Júpiter é muito semelhante a de uma estrela, sendo o hidrogênio e o hélio seus principais elementos. Outra coisa bastante curiosa, e assustadora, diz respeito à grande mancha vermelha no Hemisfério Sul, que é um vórtice gigante de tempestade maior que a própria Terra – lembrando que o planeta tem 11x o diâmetro do nosso.

Continua após a publicidade

Confira a foto feita pelos cientistas do Gemini Observatory:

Esta é a nova cara de Júpiter depois do mosaico de centenas de imagens Gemini Observatory/M.H.Wong et al/Divulgação

Assustadoramente maravilhoso, não? *-*

Publicidade