Dificuldade em encontrar produtos da personagem Rey, de Star Wars, gera discussão na internet

Cadê ela?

Por Isabella Otto - Atualizado em 17 ago 2016, 18h17 - Publicado em 7 jan 2016, 12h20

Star Wars. Star Wars. Star Wars. Se a vida fosse um Twitter, o topo do Trending Topics seria esse. A força despertou muito antes do lançamento do filme nas cinemas, que aconteceu no dia 17 de dezembro, e continuou com força total após a estreia. Se você marcou presença na COMIC CON EXPERIENCE, ou acompanhou a cobertura feita pela CAPRICHO, também pôde notar que o assunto principal do evento foi Star Wars: O Despertar da Força .

Com o “boom” do sétimo filme da franquia, os produtos licenciados vieram com tudo! Bonecos, miniaturas, fantasias, Lego, pelúcias Funkos… Mas, ei, cadê a Rey?

Se você ainda não assistiu ao longa, Rey é a protagonista de O Despertar. Exatamente por isso, você poderia pensar que os produtos relacionados à personagem seriam os mais procurados. Certo? E são! O problema é que a oferta é menor do que a procura .

Como assim? A gente explica. Não é de hoje que produtos licenciados de franquias cinematográficas, desde bonecas e camisetas, dão preferências para os personagens masculinos. Isso, é claro, tem uma explicação: os personagens masculinos são mais procurados do que os femininos . Por isso, para não ter prejuízo e suprir a necessidade do consumidor, o mercado se adapta a essa realidade. A questão é que, no caso da Rey, o que anda acontecendo é justamente o contrário ! Apesar da enorme força de personagens como Finn e Darth Vader, as pessoas estão loucas atrás de colecionáveis da protagonista do filme. Só que elas não estão obtendo sucesso em suas bucas.

Denise Ledoux, diretora de marketing da Hasbro do Brasil, conversou com o site Omelete e contou que essa escassez nos estoques é devido à grande procura. “A performance dos produtos da Rey está acima da expectativa. Não há nenhum registro de outros produtos de personagens femininas com desempenho similar “, esclareceu, surpresa.

Apesar da boa notícia, o fato é que fabricação de produtos da Rey é menor do que a fabricação de produtos das outras personagens masculinas da saga. Não demorou muito para a hastag #whereisrey bombar no Twitter e apimentar ainda mais a discussão sobre representatividade feminina nos cinemas.

A solução para muitas garotas foi transformar bonecas antigas na personagem. Um grupo de crianças de Somerville, em Massachusetts, repaginou suas bonecas Bratz para que elas ficassem mais parecidas com a Rey .O resultado foi o seguinte:

Foto: Kelly Taylor Dailydot

E você, o que acha dessa história?

Continua após a publicidade
Publicidade