Diário de Intercâmbio: cursos de Verão são opções mais baratas de viagem

Catharina Doria, nossa intercambista na Espanha, está agora fazendo um programa de Verão na Universidade de Cambridge, na Inglaterra.

Por Catharina Doria - 9 ago 2018, 18h00

Você morre de vontade de fazer um intercâmbio, mas não vai por quê:
1. É muito caro?
2.  Você acha que vai sentir saudade de casa?
3. Ainda está na dúvida do destino?

Amiga, independentemente da resposta para a pergunta anterior, eu tenho uma solução para você: summer programs!

Arquivo Pessoal/Reprodução

Os famosos cursos de Verão acontecem normalmente em junho, julho e agosto na Europa ou na América do Norte, e são voltados a estudantes de Ensino Médio e faculdade! O mais legal é que existem summer programs de todos os tipos e para todos os gostos e bolsos! Tem curso de inglês, francês, espanhol, culinária, matemática, ciências, cinema…

Agora, você deve estar se perguntando: “Catharina, por que você está falando sobre cursos de Verão aqui no Diário de Intercâmbio?”. Eu te respondo:
porque eu entendo que, muitas vezes, fazer um intercâmbio pode ser um sonho maravilhoso, mas um tanto quanto distante por causa do preço. Por mais que analisemos as opções e encontremos pacotes mais em conta, temos que admitir que não é uma realidade acessível a todos. Também entendo que outras coisas, como medo, saudade e distância, acabam fazendo com que muitas pessoas desistam desse sonho. E é aí que entra a maravilha do curso de Verão! Eles são uma chance mais econômica de você poder sentir o gostinho de como é estudar em outro país e, por serem mais curtinhos, não tem erro. Normalmente, esses programas duram duas ou três semanas, mas, se você quiser encontrar um mais longo, também dá para achar.

No meu caso, faço faculdade na Espanha, mas decidi fazer um summer program para ver como é estudar na Inglaterra. Acabei escolhendo um programa de artes de duas semanas na faculdade de Cambridge. Ah! Eu não vim aqui falar do meu curso em si, mas da experiência de fazer um programa de Verão.

Esses cursos são normalmente oferecidos por faculdades grandes que têm residência no campus, ou seja, a faculdade deixa que os alunos fiquem hospedados no próprio local. Então, se o seu sonho sempre foi ter essa experiência incrível de morar em uma residência estudantil bem ao estilo Harry Potter, cursos de Verão podem solucionar esse drama. #ForçaGuerreira (risos)

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

Look at me. I am changing. I will be better than I am.

A post shared by Catha (@cahdoria) on

Além de conhecer pessoas com outros costumes, estudar outro idioma e viver longe de casa, você tem a oportunidade incrível de sentir como é explorar e descobrir o campus inteirinho de uma faculdade gringa. E não liga caso você se perca no seu primeiro dia, tá? É perfeitamente normal. Por isso, é bacana chegar uns dez minutos antes da aula começar. Aí não tem erro!

Se você tiver essa oportunidade, recomendo muito que faça um curso de Verão antes de se mudar de vez ou e fazer um intercâmbio mais longo. É realmente um gostinho de como você vai se sentir morando fora e, olha, tem gente que ama e tem aqueles que odeiam. E aqui vai um recadinho final: talvez você queira muito fazer um curso de verão no exterior, mas também não tenha esse dinheiro. Calma! Existem vários curso bem legais no Brasil que você pode fazer e ir guardando dinheiro para realizar o sonho de estudar fora quando for mais velha.

E aí, o que você acha? Curte essa ideia de programas de Verão? Qualquer dúvida, é só me mandar mensagem no Instagram, viu?

Beijos,
@cahdoria

Continua após a publicidade
Publicidade