7 dicas para saber se é #NamoroLegal ou relacionamento tóxico

Identificar um relacionamento abusivo pode ser bastante difícil, mas é o primeiro passo para se libertar dele.

Por Da Redação - 13 jul 2019, 10h01

Em junho, o Ministério Público de São Paulo lançou em parceria com a Microsoft Brasil a campanha #NamoroLegal, para conscientizar jovens sobre os perigos de viver e aceitar um relacionamento abusivo. A CAPRICHO também entrou como parceira do projeto, em cuja fase inicial foi disponibilizada uma cartilha impressa e online com dicas para identificar uma relação tóxica.

Reprodução/Reprodução

Tendo como base as recomendações desenvolvidas pela promotora Valéria Scarance, criadora da campanha, listamos 7 passos que te ajudam a perceber se você está tendo “a sorte de um amor tranquilo”, como diria o Cazuza, ou se está vivendo uma tremenda Cilada, como canta o grupo Molejo.

Confira abaixo as dicas para saber se, enfim, é um #NamoroLegal ou um relacionamento tóxico:

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

O Ministério Público de São Paulo em parceria com a Microsoft Brasil lançou a campanha #NamoroLegal, que mostra como é possível identificar uma relação abusiva. Nossa editora de comportamento Isa Otto lista alguns dos principais passos para você não não se enganar e libertar-se!

A post shared by CAPRICHO (@capricho) on

A campanha em questão é uma realização do Ministério Público do Estado de São Paulo com o apoio da Microsoft. Para ler a cartilha sobre relacionamentos abusivos na íntegra, basta clicar aqui.

Publicidade