11 coisas que toda pessoa que nunca namorou já ouviu

E não aguenta mais ouvir.

Por Isabella Otto - 27 set 2019, 12h00

Quando você diz para certas pessoas que não namora e nunca namorou, a primeira reação delas é te imaginar assim:

Dos produtores de “Nunca Fui Beijada”, vem aí “Nunca Fui Namorada”. Reprodução/Reprodução

Quando, na verdade, você está, na maior parte do tempo, está assim:

“Sou praieira, sou guerreira, tô solteira. Quero mais o quê?!” Reprodução/Reprodução

É impressionante como algumas pessoas não aceitam o fato de você estar perfeitamente bem e feliz solteira – e elas sempre soltam algumas pérolas do tipo:

1. “Como assim você nunca namorou?!”
“Se eu soubesse, eu já tinha namorado, não acha?!”

Reprodução/Reprodução

2. “Já, já a pessoa certa aparece.”
“Quem disse quem eu estou procurando?”

Reprodução/Reprodução

3. “Qual é o seu problema?”
“E agora quer dizer que só porque nunca namorei tenho algo de errado?”

Reprodução/Reprodução

4. “Você é muito exigente.”
“Pior que nem, viu?”

Continua após a publicidade
Reprodução/Reprodução

5. “Você está procurando no lugar errado.”
“É, realmente seria melhor fazer uma busca em Marte.”

Reprodução/Reprodução

6. “Mas você ainda é nova.”
“Quer dizer que se eu fosse mais velha teria algo de estranho?”

Reprodução/Reprodução

7. “Você tem que confiar mais nas pessoas.”
“Eu também tenho que ir a todos os shows que quero, mas me pergunta se tenho dinheiro pra isso?”

Reprodução/Reprodução

8. “Você fica muito em casa. Precisa sair mais!”
“Mas por que, se a Netflix, aquela mozona, nunca me decepciona?”

Reprodução/Reprodução

9. “Mas você é muito bonita, daí as pessoas se sentem intimidadas.”
“HAHAHAHA. AH, TÁ.”

Reprodução/Reprodução

10. “Você não sente vontade?”
“Sentir vontade de ter DR? Precisar dar satisfação? Ver uma série que não curto só pra agradar?”

Reprodução/Reprodução

11. “Você nunca vai namorar se continuar cogitando o Harry Styles como única opção.”
“Taí. Talvez isso seja verdade mesmo. Mas, como diria o Sherlock Holmes: “elementar, meu caro Watson!”.

Reprodução/Reprodução
Continua após a publicidade
Publicidade