10 lugares icônicos que você pode conhecer em uma viagem online

É possível visitar museus, andar por pontos turísticos como o Coliseu, em Roma, e até mergulhar em Fernando de Noronha sem sair de casa

Por Blog da Galera Atualizado em 25 jun 2021, 17h27 - Publicado em 26 jun 2021, 10h02
plaquinha com o nome de Marine Borges, acompanhado de uma foto dela
Barbara Marcantonio/CAPRICHO

Olá, queridos leitores! Como vocês estão? Quem fala aqui é a Antonela e, por causa da pandemia, deixei de fazer uma das coisas que eu mais gostava: viajar. Se você, assim como eu, gostava de conhecer lugares novos, não desanime! Mais um pouquinho e vamos conseguir ir passear em segurança novamente… Por enquanto, nossa alternativa é visitar esses locais online.

Muitos museus disponibilizam uma visitação virtual gratuita e é também possível utilizar a ferramenta Google Street View para conhecer diversos pontos turísticos, como o Palácio de Versalhes ou até mesmo as Cataratas do Iguaçu!

A seguir, selecionei dez viagens imperdíveis para fazer sem sair de casa:

1. National Museum of Natural History, em Washington DC, nos Estados Unidos

Com mais de 126 milhões de peças expostas sobre a evolução dos seres vivos, o National Museum of Natural History é um dos museus mais antigos de Washington. Nele, além de percorrer os corredores pelo site oficial, ver de perto algumas das atrações e os materiais em uma exposição 360º, você irá aprender se divertindo. É, com toda certeza, um dos museus mais legais de se visitar online! No mapa disponível na visitação online, ele mostra os locais que você já passou. Minha parte favorita é a exposição sobre o oceano: se eu fosse você, não deixaria de conhecer! O passeio está disponível em inglês e é totalmente gratuito.

2. Mergulho em Noronha, em Fernando de Noronha, no Brasil

Pela ferramenta Google Street View, podemos fazer um dos passeios mais incríveis da vida real: um mergulho pelas águas cristalinas de Fernando de Noronha! Nessa viagem, você conseguirá nadar virtualmente ao lado de peixes coloridos, explorando a vida marinha do arquipélago. As imagens são realmente impressionantes!

Imagem de uma trilha montanhosa em meio à mata
A Trilha Bright Angel, no Grand Canyon, no Google Maps Google Maps/Reprodução

3. The British Museum, em Londres, na Inglaterra

Esse museu abriga diversos objetos importantes da história da humanidade, tendo um acervo de, aproximadamente, 6 milhões de peças. Por isso, a visitação online pode durar alguns dias através da ferramenta Google Arts & Culture, sendo uma visita realística percorrendo os corredores do museu. O passeio está disponível em inglês e é totalmente gratuito.

4. Trilha Bright Angel, no Grand Canyon, nos Estados Unidos

Para amantes da natureza e geografia, esse passeio irá fascina-los pela paisagem com os cânions de arenito. O passeio feito pela ferramenta Google Maps leva até onde passa o Rio Colorado! Esse trajeto já feito por muitos aventureiros é muito desafiador, porém, através da Internet, qualquer pessoa consegue fazer sentado no sofá da sala ou onde preferir.

Continua após a publicidade

5. Pinacoteca, em São Paulo, no Brasil

Benedito Calixto, Pedro Alexandrino, Victor Meirelles, Eliseu Visconti, José Ferraz de Almeida Junior e Anita Malfatti são os artistas brasileiros presentes nesse museu com mais de 9 mil obras de arte com destaque para produções nacionais. Além da arquitetura exuberante do prédio, na vista online, feita pelo Google Arts & Culture, é possível visitar uma exposição da história da Pinacoteca, obras de artes de Victor Brecheret e obras importantes para a formação de um acervo de obras nacionais, com o destaque para a obra “Mestiço”, de Candido Portinari. O museu virtual está disponível em português, inglês e espanhol e é totalmente gratuito.

Imagem de um mergulho em Fernando de Noronha. A água é azul cristalina e tem muitos peixes azuis nadando nela
O mergulho em Fernando de Noronha no Google Maps Google Maps/Reprodução

6. Coliseu, em Roma, na Itália

Ruinas de uma construção do Império romano, o Coliseu era utilizado para lutas entre gladiadores ou entre homens e animais. Hoje, é considerado um dos pontos turísticos mais visitados do mundo e você pode conhecê-lo no conforto da sua casa através do Google Maps!

7. Museu do Louvre, em Paris, na França

Um dos museus mais importantes do mundo e um dos mais procurados (tenho o sonho de conhecê-lo!) pode ser visitado pelo site oficial gratuitamente. O Museu do Louvre abriga a icônica “Mona Lisa”, de Leonardo Da Vinci, além de mais 35 mil obras expostas que são organizadas por temas em diferentes áreas. Para quem gosta de história, não deve deixar de conhecer uma parte que existe desde a Idade Média construída para reforçar a defesa contra ataques vindos do rio Sena. Na visita online, encontramos vestígios desse período, incluindo um lugar onde guardava o Tesouro Real e outro usado como prisão. A visitação pelos corredores pode ser feita em inglês, espanhol ou francês.

8. Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no Brasil

Imagine um céu azul, um arco-íris e muita beleza em uma das 7 maravilhas naturais do mundo? É isso que você vai encontrar nesse passeio online pelo Google Maps! Pode ser observado tanto as cataratas no lado brasileiro como no argentino. A paisagem é de tirar o fôlego!

9. Estação Espacial Internacional, no Espaço Sideral

Com o Google Earth é possível viajar além dos limites da Terra! A Estação Espacial é onde os astronautas realizam estudos e observam o planeta. Nesse passeio virtual, você poderá conhecer diversos compartimentos da estação e, até mesmo, encontrar roupas de astronautas. A minha parte favorita foi o Modulo observacional Cúpula, no qual vemos uma parte transparente do laboratório que dá para ver a Terra.

Imagem do Palácio de Versalhes, na França. O cômodo é rosa com detalhes dourados, e tem muitos lustres e quadros da realeza
Cômodo de Versalhes visto pelo Google Maps Google Maps/Reprodução

10. Palácio de Versalhes, em Versalhes, na França

Símbolo de poder do reinado de Luís XIV e da icônica Maria Antonieta, o Palácio de Versalhes representa o padrão de vida luxuoso dos reis e da nobreza, com muitos detalhes em ouro e jardins que possuem centenas de fontes e árvores de diferentes partes da França. O palácio foi utilizado pelos reis franceses até a Revolução Francesa e, Atualmente, é aberto para visitação com cerca de 60 mil artigos da história francesa que vão desde o período medieval até o século XIX. O passeio por alguns cômodos pode ser feito através do Google Maps.

Enquanto não podemos sair, espero que você aproveite esses passeios virtuais e pode me contar depois o que acharam. Boa viagem!

Continua após a publicidade

Publicidade